O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Copa do Mundo

Maiores zebras da história das Copas: relembre as principais partidas com resultados inesperados

Três zebras em campo aberto. A 1ª está de costas, a 2ª está de frente com os dentes à mostra e a 3ª de lado.

Resultados inesperados nos mundiais entraram para a história e são lembrados ao longo dos anos

Você se lembra das maiores zebras da história das CopasUm dos jargões mais populares do futebol é o termo “zebra”. Ou seja, um resultado que ninguém imaginava. As zebras no futebol não acontecem todos os dias. Mas quando entram em campo, podem ficar marcadas na história.

Nas Copas do Mundo, não é diferente. Na maioria dos jogos, o normal é que as seleções favoritas vençam quando enfrentam adversárias com menos tradição no esporte. Mesmo assim, vez ou outra, aparece um Davi derrotando um Golias. São jogos que entraram para a história não necessariamente por causa da qualidade do jogo, e sim porque contrariam a lógica. 

Continue lendo este artigo do Jogo Hoje e relembre algumas das maiores zebras das Copas do Mundo.

Taça da Copa do Mundo: veja peso, história e mais | Copa do Mundo | ge

Zebras da história das Copas: Inglaterra foi a 1ª vítima

Historicamente, um jogo é apontado como a 1ª grande zebra da história das Copas. E esse jogo aconteceu no primeiro Mundial sediado no Brasil, em 1950. Mas não foi a final perdida pela Seleção para o Uruguai.

Inventores do futebol, os ingleses já eram apontados como uma potência do esporte naquela época, embora a participação no Mundial de 1950 tenha sido a 1ª do país britânico.

O Milagre de Belo Horizonte, uma das maiores zebras da Copa do Mundo

O problema é que o adversário, os Estados Unidos, ainda não tinham se profissionalizado. E foi com um time amador que os norte-americanos venceram o confronto, na segunda rodada, por 1 a 0. 

Joe Gaetjens foi o autor do gol dos Estados Unidos e o duelo ficou conhecido como “o Milagre de Belo Horizonte”, em uma referência à cidade em que o jogo aconteceu. O palco da partida foi o Estádio Independência. Para muita gente, aquela zebra seria a maior de todos os tempos.

As 2 seleções só voltaram a se enfrentar em Copas do Mundo este ano, no Catar. E com um empate de 0 a 0, os Estados Unidos mantiveram uma invencibilidade de 72 anos contra os ingleses em Mundiais.

Em 1966, Coreia do Norte eliminou a temida Itália, entrando para a lista de zebras da história das Copas

Dezesseis anos depois da derrota da Inglaterra para um time amador dos Estados Unidos, a zebra entrou em campo outra vez. No Mundial de 1966, na Inglaterra, a vítima da vez foi a Itália. E o algoz, uma desacreditada Coreia do Norte.

Quebra-pau em 1986 antecipou animosidade entre Itália e Coreia do Sul - Calciopédia

Em 1966, a Itália já havia ganhado 2 Copas do Mundo (1934 e 1938). Enquanto isso, a Coreia do Norte estava estreando em Copas do Mundo. Logo, o favoritismo da equipe europeia era enorme.

As 2 seleções estavam no mesmo grupo, na fase inicial da Copa. E a Itália, depois de perder por 1 a 0 para a União Soviética, precisava vencer a Coreia do Norte para seguir na competição. Mas a Coreia venceu o jogo por 1 a 0, com um gol marcado aos 42 minutos do segundo tempo.

Assim, a Coreia do Norte foi quem garantiu presença na fase seguinte, as quartas de final (acabou sendo eliminada por Portugal ao perder o jogo por 5 a 3). E a Itália voltou para casa em um dos maiores vexames da história da seleção europeia.

Coreia do Sul também já foi algoz da Itália

Time considerado com pouca expressão no futebol, a Coreia do Sul está envolvida em 2 das maiores zebras da história das Copas. Nos 2 casos, a equipe derrotou potências europeias.

A 1ª zebra a favor da Coreia do Sul aconteceu em 2002. Aquela Copa foi sediada pela 1ª vez por 2 países. E a Coreia do Sul era um deles – o outro, foi o Japão.

Ahn Jung-hwan: o sul-coreano demitido na Itália após eliminar Azzurra da Copa de 2002 - VAVEL Brasil

A Coreia do Sul já havia surpreendido na fase de grupos, terminando invicta e em 1º lugar, à frente de Estados Unidos, Portugal e Polônia.

Nas oitavas de final, a equipe asiática enfrentou a então tricampeã Itália. O jogo foi bastante disputado. Após empate de 1 a 1, a decisão foi para a prorrogação, que ficou marcada por polêmicas envolvendo a arbitragem.

Em uma Copa ainda sem o VAR, o craque italiano Totti foi derrubado dentro da área, mas a arbitragem não deu pênalti e expulsou o jogador italiano. Em seguida, a Coreia do Sul fez o 2º gol, garantindo a vitória por 2 a 1 e a classificação às quartas de final.

Envolvida em outros lances polêmicos de arbitragem, a Coreia do Sul ainda avançou até a semifinal, quando foi eliminada pela Alemanha.

Coreia do Sul “vingou” o Brasil em 2018

Quatro anos depois de conquistar seu 4º título mundial, com direito a um 7 a 1 na semifinal contra o Brasil em pleno Mineirão, a Alemanha chegou à Copa da Rússia, em 2018, como grande favorita ao título.

Jogo Coreia do Sul 2 x 0 Alemanha melhores momentos - Copa do Mundo da FIFA™, Rodada 3 - tempo real | ge

Mas logo na estreia, a Alemanha perdeu para o México por 1 a 0. Era o sinal de que as coisas não seriam tão fáceis. Mesmo depois de vencer a Suécia por 2 a 1, a tetracampeã chegou pressionada para a última rodada da fase de grupos.

Mesmo pressionada, a Alemanha era favorita absoluta no duelo contra a Coreia do Sul. Só que o time asiático fez uma partida equilibrada e conseguiu segurar o empate em 0 a 0 durante o tempo normal.

Nos acréscimos, a Coreia do Sul “achou” um gol, deixando a Alemanha desesperada. Com poucos segundos para tentar o empate, até o goleiro Neuer abandonou a meta e subiu para jogar na linha. O time asiático se aproveitou e, em um contra-ataque, ampliou para 2 a 0.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....