O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Copa do Mundo

Jornalista brasileiro é hostilizado no Catar por conta de uma bandeira de Pernambuco

Jornalista Victor Pereira
Foto: Reprodução/Twitter

O jornalista Victor Pereira foi hostilizado no Catar nesta terça-feira (22). Através das redes sociais, ele denunciou que foi abordado por policiais que confundiram a bandeira de Pernambuco com a da causa LGBTQIAP+ por conta do arco-íris no símbolo.

Ainda de acordo com Victor Pereira, durante a abordagem, ele teve de apagar os vídeos feitos para receber o aparelho de volta. Contudo, pessoas próximas filmaram o momento da confusão.

A bandeira pertence ao também jornalista Kelvin Maciel. Após o tumulto, a bandeira foi devolvida. 

O Catar proíbe a homossexualidade. Por isso, símbolos que representam pessoas LGBTQIAP+ são passíveis de punições no Código Penal do país.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história