O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Copa do Mundo

Dia de chegada da Seleção será feriado nacional na Argentina

Chegada da Seleção da Argentina será feriado nacional no país
Foto: Divulgação/FIFA

Presidente Alberto Fernández decretou feriado nacional e espera que jogadores façam visita à Casa Rosada nesta terça-feira

O presidente da Argentina. Alberto Fernández, decretou feriado nacional para a próxima terça-feira, dia previsto para a chegada da Seleção, que venceu a Copa do Mundo, no Catar. De acordo com o mandatário do executivo portenho, o dia será livre para que o povo argentino possa comemorar o título, que encerrou um jejum de 36 anos em Mundiais.

Assim, a previsão é que o selecionado albiceleste desembarque em Buenos Aires na madrugada da terça-feira. O vôo, que saiu de Doha, no Catar, e fez uma escala em Roma, é esperado às 2h25 da manhã (horário de Brasília). O desembarque acontecerá no Aeroporto de Ezeiza.

Portanto, os jogadores terão algumas horas para descansar no CT da AFA até partirem em excursão rumo ao Obelisco localizado na Praça da República, em Buenos Aires. O local é onde ocorrem, historicamente, as celebrações de glórias esportivas dos hermanos.

Segundo autoridades da capital argentina, o esquema de segurança para a comemoração do título mundial contará com 400 agentes. Efetivo maior do que o utilizado na celebração da conquista da Copa América 2021, que tirou a seleção de uma fila de 28 anos.

Por fim, o governo federal negocia visita da Seleção à Casa Rosada, sede administrativa do país, No local, o presidente Alberto Fernández esperará os jogadores para uma solenidade. Entretanto, ainda não há a confirmação de que isso aconteça já no feriado nacional.

Na comemoração realizada após a Argentina bater a França nos pênaltis por 4 a 2, estima-se que 1 milhão de portenhos estiveram nas imediações do Obelisco.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....