O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bombando

Torcer pela Argentina? Lionel Scaloni pede por união sul-americana na final da Copa do Mundo

Treinador Lionel Scaloni, da Seleção Argentina
Divulgação/Seleção Argentina

Hermanos decidem o Mundial neste domingo, contra a França

Um sul-americano e um europeu decidiram o título da Copa do Mundo neste domingo. E como fica o brasileiro? Torcer pela Argentina, rival histórica, ou torcer pela França, velha carrasca? Na visão do treinador albiceleste, Lionel Scaloni, é hora de uma união sul-americana.

Vai torcer pela Argentina?

Depois da classificação dos hermanos à grande decisão na busca pelo tricampeonato do Mundial, Scaloni voltou a buscar uma aproximação entre os países vizinhos. “Eu sou fanático pelo Brasil. Joguei com muitos brasileiros e adoro todos. São pessoas que, quando você realmente as conhece, percebe a qualidade humana que têm”, afirmou o técnico, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Ele continuou e afirmou que uma vitória argentina seria bo para todo o futebol latino. “Eu creio que o futebol sul-americano precisa se sentir importante. Porque, no fim das contas, países como Argentina, Brasil e Uruguai, que sempre estão aí, precisavam de um empurrão anímico, saber que podem competir com os demais. Queremos que a torcida brasileira esteja conosco, porque seria importante para a América do Sul”.

Mas essa não é a 1ª vez que Lionel Scaloni faz essa sinalização para os brasileiros. Ainda na fase de grupos, o técnico já havia garantido que, caso a Argentina não chegasse às últimas fases do torneio, sua torcida iria para o Brasil. “Sou sul-americano e estou feliz que o Brasil passe. Sou fã número 1 do futebol sul-americano, tenho amigos brasileiros, e se não for a Argentina, prefiro que ganhe um sul-americano”, afirmou, à época.

MacAllister, Messi e Álvarez, da Seleção Argentina

Divulgação/Copa do Mundo

A final da Copa do Mundo

Mas a opinião de Scaloni não é consenso, claro. Assim, brasileiros devem se dividir entre a torcida por duas seleções que não tem um histórico dos mais amistosos com a Canarinha. Os albicelestes cultivam uma rivalidade secular com o futebol brasileiro e vêm de uma vitória em confronto direto na final da Copa América de 2021.

Les bleus, por sua vez, deixaram traumas com duras vitórias sobre o Brasil na final da Copa de 1998 e nas quartas da Copa de 2006. Mas uma das duas garante o tricampeonato mundial a partir das 12h deste domingo, no estádio Lusail, no Catar. E, assim espera Scaloni, uma possível festa de Messi e companhia significa o 10º título sul-americano em 22 edições de Mundial, o 1º desde a vitória do Brasil em 2002.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....