O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bombando

Título da Copa do Mundo rende mais de R$ 220 milhões à Argentina

Lionel Messi comemora o título da Copa do Mundo
Divulgação/Copa do Mundo

Seleção Brasileira ficou com apenas R$ 90 milhões

O título da Copa do Mundo vai render muito dinheiro para a Asociación del Fútbol Argentino. Neste domingo, los pibes venceram a França nos pênaltis, selaram o tricampeonato e garantiram uma bagatela de US$ 42 milhões (R$ 223 milhões) para os cofres da Federação.

As premiações

Os valores pagos pela Fifa às federações nacionais varia de acordo com a fase que a seleção chega na Copa do Mundo. O campeão, claro, recebe a maior premiação, seguido pelo vice. Assim, a Seleção Francesa garantiu US$ 30 milhões (R$ 159 milhões), seguida pelas seleções de Croácia (US$ 27 mi/R$ 143 mi) e Marrocos (US$ 25 mi/R$ 133 mi).

O Brasil, assim como as demais equipes que ficaram nas quartas de final, receberá US$ 17 milhões (R$ 90 milhões). Esse dinheiro será utilizado pela CBF, que poderá realizar novos investimentos, financiar projetos, pagar salários, incentivar competições. Mas, claro, a maior expectativa é que parte desse dinheiro possa valer para a luta pelo hexacampeonato em 2026.

Além disso, os países eliminados nas oitavas de final, como Austrália, Espanha e Coreia do Sul receberão US$ 13 milhões (R$ 69 milhões). Enquanto isso, as que caíram ainda no decorrer da fase de grupos ficam com apenas US$ 9 milhões (R$ 48 mi).

O título da Copa do Mundo

A vitória nos pênaltis neste domingo pode valer uma grande fortuna para o futebol argentino, mas, acima disso, vale o tri. Assim, os hermanos encerram um jejum histórico para o país e para o continente sul-americano. De quebra, o time garante o título que faltava para a brilhante carreira de Lionel Messi, que dá mais um passo para ser eternizado no futebol.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....