O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bombando

Vasco terá que pagar valor milionário para tirar zagueiro do Athletico-PR

Vasco Terá Que Pagar Valor Milionário Para Tirar Zagueiro Do Athletico-PR
Divulgação/CAP

2023 na mira. Com a vaga garantida na Série A, o Vasco começou a se movimentar ativamente no mercado da bola. E o nome da vez para a defesa é Pedro Henrique, do Athletico-PR.

E o negócio pode ser facilitado pelo Furacão, que está disposto a negociar o zagueiro de 27 anos. No entanto, a equipe do Sul aguarda o fim do Campeonato Brasileiro.

Quanto o Vasco teria que desembolsar?

O preço inicial pelo atleta é de 4 milhões de euros (R$ 21,6 milhões de reais, na cotação atual). As informações foram publicadas primeiramente pelo ge.

Pedro Henrique está no Athletico-PR desde julho de 2020. Na época, a equipe paranaense pagou 1 milhão de euros ao Corinthians. O defensor tem contrato com o Furacão até o fim de 2024.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história