O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Seleção brasileira

Brasil: Tite explica entrada de Rodrygo no 2º tempo e Militão como titular

Brasil: Tite explica entrada de Rodrygo no 2º tempo e Militão como titular
Foto: Divulgação/Fifa

Treinador da Seleção Brasileira falou sobre suas escolhas para o time no 1º tempo e também na 2ª etapa

A vitória do Brasil em cima da Suíça, por 1 a 0, foi bastante suada. Sem Neymar e Danilo, o técnico Tite precisou fazer mudanças na equipe e as treinou com diversas opções ao longo da semana.

Para ele, diante do momento de Copa do Mundo, é importante ter opções com jogadores lapidados ao longo do ciclo do Mundial.

“Há um leque de opções porque tem um processo todo de quatro anos de construção. Quem venceu hoje foi o processo. Foi o tempo de 4 anos de utilização de atletas para que eles possam desenvolver e ter naturalidade, mesmo jovens, aproveitando seus clubes e tendo oportunidades, senão é muito difícil”, disse o técnico.

O atacante Rodrygo treinou como titular em parte da semana e a dúvida para ser o substituto de Neymar ficou entre ele e Fred. Porém, o volante o Manchester United foi escolhido. Somente na 2ª etapa Rodrygo entrou, na vaga de Lucas Paquetá. Assim, Tite explicou a opção.

“Foi uma opção tática, e às vezes o jogo te pede algumas coisas, temos que ter a capacidade de ler o jogo. Um jogo muito difícil. O Paquetá estava em condições normais, se não, não usaríamos. O jogo pediu uma outra possibilidade, aí a entrada do Rodrygo”, comentou.

Por fim, a entrada de Eder Militão como titular, na vaga de Danilo, foi na intenção de manter a consistência defensiva da equipe.

“Tu tem que ter um jogador de lado para dar consistência. Essa foi a ideia de ter um jogador para conter os jogadores de lado”, completou.

Quando o Brasil joga?

A Seleção Brasileira volta a campo na sexta-feira (2), quando enfrenta Camarões no estádio Lusail, às 16h (horário de Brasília). Enquanto isso, Suíça e Sérvia duelam no estádio 974, no mesmo horário.

Além disso, com este resultado, o Brasil chegou a 6 pontos, garantiu a classificação às oitavas de final da Copa do Mundo e pode garantir a 1ª colocação só com um empate diante de Camarões.

Enquanto isso, a Suíça é vice-líder, com 3 pontos. Camarões tem 1 ponto, no 3º lugar, e a Sérvia é lanterna com 1 ponto, mas saldo de -2.

Leia Mais

Casemiro ressalta paciência do Brasil para vencer Suíça na Copa do Mundo

Em jogo de seis gols, Camarões busca empate com a Sérvia

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....