Outros esportes

Pan: Hugo Calderano vence cubano e é ouro no tênis de mesa; Bruna Takahashi é prata

Brasil já soma um ouro e quatro pratas no tênis de mesa Depois três dias de finais, finalmente veio o […]

Hugo Calderano em jogo do tênis de mesa do Pan-Americano Santiago 2023

Wander Roberto/COB

Brasil já soma um ouro e quatro pratas no tênis de mesa

Depois três dias de finais, finalmente veio o 1º ouro do Brasil no tênis de mesa dos Jogos Pan-Americanos de Santiago. Nesta quarta-feira (1º), Hugo Calderano venceu o cubano Andy Pereira e se tornou o 1º mesatenista tricampeão no Pan. O tricampeonato veio em uma vitória por 4-0 (11-3, 11-8, 11-5  11-4), em um jogo de apenas 21 minutos.

Na chave feminina, Bruna Takahashi, que já tinha sido prata nas duplas mistas e nas duplas femininas, conseguiu mais um vice-campeonato no tênis de mesa. Ela perdeu a final no confronto com sua grande amiga Adriana Diaz, de Porto Rico, por 4-1 (11-9, 12-14, 11-3, 8-11, 8-11, 11-9 e 11-7).

Hugo Calderano em jogo do tênis de mesa do Pan-Americano Santiago 2023
Wander Roberto/COB

As decisões de simples no tênis de mesa

Os brasileiros não tiveram grandes dificuldades nas semifinais. Na chave feminina, Bruna Takahashi enfrentou Lily Ann Zhang, dos EUA, e não cedeu nenhum set para confirmar a vitória por 4-0, com parciais de 12-10, 11-5, 11-8 e 11-5. Hugo Calderano até perdeu um set para o mexicano Marcos Madrid, mas conseguiu a vaga em um tranquilo 4-1 (11-8, 11-7, 11-8, 9-11 e 11-5).

A 1ª decisão foi a do feminino. Bruna Takahashi enfrentou a porto-riquenha Adriana Diaz e começou muito bem, forçando o jogo para fechar o set em 11-9. O 2º foi disputado ponto a ponto e a porto-riquenha venceu por 14-12, antes de dominar a 3ª parcial para fechar em 11-3. A brasileira voltou a equilibrar as ações as ações no 4º set e cresceu no fim para fechar em 11-8.

Assim, elas chegaram empatadas no 5º set. Melhor para o Brasil, que abriu vantagem 7-4 e sustentou a vantagem para fechar em 11-8. Bruna estava a um set do ouro, mas Adriana Diaz jogou bem, abriu 6-3 e, mesmo cedendo o empate em 8-8, confirmou o set em 11-9. Com isso, tudo ficou para o 7º set. Bruna até começou melhor a ensaiou uma vantagem, mas a porto-riquenha cresceu na metade final do set e venceu por 11-7.

Depois da 4ª prata brasileira em Santiago, veio finalmente a 1ª vitória em final. Hugo Calderano teve uma revanche contra o cubano Andy Pereira, que o tinha vencido na final de duplas, ontem. Calderano entrou efusivo no jogo e precisou de quatro minutos para fechar o 1º set em 11-3. O cubano voltou melhor para o 2º, abrindo 5-2. Mas o brasileiro buscou sete pontos seguidos, virou para 9-5 e fechou em 11-8.

Com o 2-0 no placar, o brasileiro seguiu tranquilo no jogo e conseguiu abrir vantagem rapidamente no 3º set, abrindo 8-3 e fechando em 11-5. Assim, o tricampeonato pan-americano estava a apenas um set para a maior estrela da história do tênis de mesa brasileiro. E, mais uma vez, Hugo Calderano não deu respiro ao cubano e atropelou para abrir 9-2 e confirmar o título no 11-4.

Bruna Takahashi em jogo do tênis de mesa do Pan-Americano Santiago 2023
Wander Roberto/COB

O tênis de mesa no Pan-Americano

Mesmo sendo a principal potência do tênis de mesa no continente, o Brasil não conseguiu nenhum ouro nas primeiras finais disputadas em Santiago. Nas duplas mistas, Vitor Ishiy e Bruna Takahashi ficaram com a prata e, no dia seguinte, cada um ganhou mais uma prata: Ishiy, com Hugo Calderano, nas duplas masculinas; e Bruna com sua irmã, Giulia Takahashi, nas duplas femininas.

Mas as disputas não terminam hoje. Agora, a partir desta quinta-feira (2), os mesatenistas retornam para as disputas por equipes. Na chave masculina, o Brasil será representado por Calderano, Ishiy e Eric Jouti, enquanto a disputa feminina terá as irmãs Takahashi e Bruna Alexandre – que será a 1ª brasileira a disputar o Pan-Americano e o Parapan em simultâneo.

Vitor Ishiy e Bruna Takahashi com medalhas de prata no tênis de mesa do Pan-Americano Santiago 2023
Bruna Takahashi já tinha ficado com a prata nas duplas mistas – Divulgação/COB

Mais notícias e informações quentinhas sobre o Pan-Americano e outros esportes você vê no Jogo Hoje

COMPARTILHE

Bombando em Outros esportes

1

Outros esportes

F1: na Ferrari a partir de 2025, Lewis Hamilton quer repetir trabalho de diversidade feito na Mercedes

2

Outros esportes

Tênis: João Fonseca vence chileno, avança às quartas e faz história no Rio Open

3

Outros esportes

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

4

Outros esportes

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

5

Outros esportes

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’