Outros esportes

Superliga Masculina: Rede Cuca é o primeiro rebaixado na temporada

Time de Fortaleza tem apenas uma vitória até o momento Chegou ao fim a incursão da Rede Cuca na elite do […]

Lance de jogo Sada Cruzeiro x Rede Cuca na Superliga Masculina

Rodrigo Carvalho/Prefeitura de Fortaleza

Time de Fortaleza tem apenas uma vitória até o momento

Chegou ao fim a incursão da Rede Cuca na elite do voleibol nacional. Neste sábado, o time de Fortaleza perdeu pela 17ª vez em 18 jogos e foi matematicamente rebaixado – sendo o primeiro na temporada 2022/23. A definição veio em derrota por 3 sets a 0 para o Apan Blumenau.

O rebaixamento da Rede Cuca

Em seu primeiro ano na Superliga, a Rede Cuca sofreu mais que o esperado e não conseguiu se apresentar como grande competidora frente às equipes mais consolidadas do voleibol nacional. Assim, o time tem um saldo bem negativo, com uma vitória, 17 derrotas, seis sets vencidos e 51 perdidos.

A única vitória da campanha cearense aconteceu em 30 de janeiro, quando o time recebeu o vice-lanterna, Brasília Vôlei, e conseguiu superar os adversários por 3×0. Aquela partida registrou todos os pontos alcançados pela equipe na temporada, já que nenhum outro jogo teve dois sets vencidos pela Rede Cuca.

Desde então, inclusive, o time ainda não venceu nenhum set nos três jogos que fez. O último, neste sábado, no interior catarinense, terminou em 3×0 para o time de Blumenau, com parciais de 25-18, 30-28 e 25-20. O time ainda tem mais quatro partidas para cumprir tabela na reta final da Superliga Masculina.

A Rede Cuca

Muito além de um time de futebol, a Rede Cuca é um projeto social ligado à Prefeitura de Fortaleza, trabalhando com frentes como cultura, educação e esporte. Dentro da iniciativa, surgiu a equipe, que conseguiu bons resultados no vôlei.

Na temporada passada, o time ficou com a terceira posição da Superliga B e não conseguiria o acesso, mas como o Funvic Natal acabou expulso por uma série de infrações ao fair play financeiro, uma nova vaga foi aberta e o time de Fortaleza não só subiu, como tomou o posto dos Potiguares como único nordestino na Superliga.

Assim, não há garantias sobre a presença do Nordeste na elite do vôlei brasileiro na temporada 2023/24. Entre os homens, o único representante da região caiu e não há nordestinos na Superliga B. Entre as mulheres, não há time na elite e o Recife Vôlei, único da região na Superliga B, corre risco de rebaixamento à Terceira Divisão.

Lance de jogo do Rede Cuca na Superliga Masculina
Rodrigo Carvalho/Prefeitura de Fortaleza
COMPARTILHE

Bombando em Outros esportes

1

Outros esportes

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

2

Outros esportes

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

3

Outros esportes

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’

4

Outros esportes

Liga das Nações de Vôlei terá 18 seleções a partir de 2025

5

Outros esportes

Atleta paralímpico paraibano entra para Livro dos Recordes com marca nos 100m rasos