O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Futebol Internacional

Aos 15 anos, meia do Arsenal é o mais jovem a estrear na Premier League

Gabriel Martinelli e Ethan Nwaneri, do Arsenal
Divulgação/Arsenal

Ethan Nwaneri nasceu em março de 2007

O jogo deste domingo vai ficar para sempre na memória do jovem Ethan Nwaneri (direita na foto), do Arsenal. Com apenas 15 anos de idade, o meia inglês entrou nos minutos finais do jogo contra o Brentford e se tornou o jogador mais jovem da história da Premier League.

Curiosamente, ele não é o 1º jogador a chamar atenção pela juventude nos últimos dias. Isso porque o goleiro Ymer Abili, de apenas 13 anos, jogou na última semana pela Copa da Austrália.

Nwaneri no Arsenal

O jogador, nascido em março de 2007, estreou na elite do futebol inglês com apenas 15 anos e 181 dias. Assim, ele quebrou o recorde que pertencia a Harvey Elliot, que estreou com 16 anos e 30 dias.

Elliot estreou pelo Fulham em maio de 2019 e, hoje, aos 19 anos, defende o Liverpool. Ele, inclusive, vem sendo peça frequente do time de Jürgen Klopp nesta temporada. Ele também se tornou o mais novo da história do Arsenal, superando Cesc Fábregas e Jack Wilshere.

Ethan Nwaneri está no clube londrino desde o sub-14 – o que não foi há tanto tempo assim. Ele, inclusive só estreou pela Premier League 2, torneio sub-21, neste mês, mas apareceu bem e chamou a atenção de Mikel Arteta.

A estreia

O meia entrou em campo nos acréscimos, no lugar de Fábio Vieira. Assim, ele jogou por apenas um minuto, justo em sua 1ª aparição entre os convocados para uma partida. Das arquibancadas, a torcida dos Gunners gritou que o jovem tinha escola de manhã. Além disso, o armador também recebeu elogios do treinador Mikel Arteta.

“Estamos com elenco curto e as oportunidades aparecem quando temos problemas. Conheci o menino e gostei muito do que vi. Ele treinou com a gente algumas vezes. Ontem tive aquela sensação de que, se a oportunidade viesse, eu daria. Ele merece, está indo muito bem. Ele é um grande talento que queremos manter conosco”, afirmou.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....