O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bombando

De virada, Brasil vence China no Mundial de Vôlei feminino

De virada, Brasil vence China no Mundial de vôlei feminino
Tainara atuou como oposta e foi a maior pontuadora do jogo. Foto: Divulgação/CBV

Seleção Feminina consegue se recuperar após derrota no 1º set e volta a vencer na competição, já que perdeu na última rodada

Um jogo complicado, onde o Brasil vinha de derrota na última rodada do Mundial de Vôlei. Era preciso se recuperar diante da China, adversário ainda invicto na competição. Depois de um início ruim, a Seleção Feminina se impôs e contou com grande atuação de Tainara para vencer.

Com um placar de 3 sets a 1, tendo as parciais de 23 x 25, 25 x 17, 25 x 22 e 25 x 22, o Brasil cresceu e soube reagir quando era preciso. Tainara, que jogou como oposta, foi a principal pontuadora do Brasil no jogo, com 22 pontos. Ela foi um grande desafogo da Seleção em momentos que a marcação da China esteve encaixada.

Quem também se destacou foi a central Carol Gattaz, que se tornou uma opção importante para o time nas jogadas pelo meio, além dos bloqueios em momentos importantes do jogo. A ponteira Gabi, craque do time, também foi consistente e ajudou bastante a Seleção Brasileira Feminina no ataque e na defesa.

Brasil no Mundial de Vôlei Feminino

Brasil consegue se recuperar e garante avanço de fase no Mundial. Foto: Divulgação/CBV

O Brasil no Mundial de Vôlei

Com este resultado, o Brasil garantiu a vaga na 2ª fase do Mundial de Vôlei. Isso porque chegou aos 12 pontos em 5 jogos, no Grupo D, e ocupa a 2ª colocação, atrás apenas da China. A diferença se dá pelo critério de desempate, de sets perdidos. A Seleção Brasileira perdeu 5, enquanto que as chinesas apenas 3.

Dessa forma, o Brasil terá um novo grupo com Itália, Holanda, Bélgica e Porto Rico, além de China, Japão e Argentina. Contudo, as partidas acontecerão somente contra as 4 primeiras seleções, já que elas ainda não foram adversárias da Amarelinha. As demais, que estavam no grupo brasileiro, não voltarão a se encontrar.

Depois disso, as 4 melhores desse grupo avançam às quartas de final e voltam a se enfrentar, em cruzamento olímpico (1ª x 4ª, 2ª x 3ª). Assim, o Brasil segue firme na briga pelo título do Mundial de Vôlei.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história