O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bombando

Diretora do Flamengo se pronuncia após post contra o Nordeste; Polícia investiga o caso

Diretora do Flamengo se pronuncia após post contra o Nordeste; Polícia investiga o caso
Diretora do Flamengo atacou a região Nordeste após resultado das eleições presidenciais do Brasil. Foto: Reprodução/Instagram

Dirigente do Flamengo atacou a região Nordeste após resultado das eleições presidenciais do Brasil, no último dia 30 de outubro

A diretora de Responsabilidade Social do Flamengo, Ângela Machado, se pronunciou após grande repercussão negativa do seu post no Instagram. Lá, após o resultado das eleições presidenciais do Brasil no dia 30 de outubro, ela fez postagem de teor xenofóbico contra o Nordeste. Dessa forma, após pressão de torcedores e da própria mídia, ela se retratou.

Em seu perfil no Instagram, ela disse que reconhecia o erro e pediu desculpas pelo que publicou. Além disso, Ângela Machado é natural de Aracaju, capital de Sergipe, onde morou por 28 anos. De toda forma, mesmo sendo nordestina de origem, tal fato não exime ou tira o teor xenofóbico da postagem.

“Ganhamos onde se produz, perdemos onde se passa férias. Vamos trabalhar, porque se o gado morrer, o carrapato passa fome”, disse ela na ocasião, em post anterior. A diretora é casada com o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, que também foi perguntado sobre a situação. Mas ele disse: “não é problema meu”.

Delegacia investiga o caso

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) recebeu uma denúncia após a publicação da dirigente do Flamengo. Assim, instaurou um inquérito para investigar o caso de xenofobia.

A investigação teve início e Ângela Machado deverá ser chamada para prestar esclarecimentos sobre a fala dela.

Confira o pronunciamento da diretora do Flamengo

“Me chamo Ângela Machado, nascida e criada em Aracaju, Sergipe, onde vivi por mais de 28 anos. Lá, ainda vivem minha mãe e parentes, além de muitos amigos sergipanos. Tenho muito orgulho da minha cidade e de ser nordestina.

Ao menos três vezes por ano vou com meus filhos e meu marido para minha cidade natal. Além de outras cidades do nordeste.

No último fim de semana, após as eleições, circularam muitas postagens com reclamações sobre o resultado das urnas. Não escrevi nenhuma dessas postagens que circularam.

Mas, no calor da situação, compartilhei algumas mensagens e postagens e, entre elas, havia uma que citava de forma preconceituosa os meus conterrâneos nordestinos.

Peço desculpas pelo meu erro, reconheço e respeito o processo democrático e o resultado das urnas. E torço para que o próximo governo tenha êxito pelo bem do nosso país, independente de qualquer ideologia.

Peço desculpas também ao povo nordestino, aos sergipanos e a todos que, de alguma forma, feri com meus atos. E, inclusive minha família, com quem me desculpei diretamente.”

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história