O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Atlético-MG

Atlético-MG termina Brasileirão com maior média de renda líquida na história

Atlético termina Brasileirão com maior média de renda líquida na história
Pedro Souza/Atlético

O Atlético-MG foi campeão de uma temporada atípica no Brasileirão. Apenas a segunda metade do torneio pôde receber a presença de público. Mas, apesar de tudo, isso pode ter impulsionado o Galo para um recorde. Isso porque o Alvinegro termina o campeonato com a maior média de renda líquida na história do Brasileirão. Por jogo, a média ficou em R$ 2.225.221,60.

O Atlético teve as quatro partidas com maior público e as três com maior renda líquida neste Brasileirão. Contra o Red Bull Bragantino, no jogo pós-título, foram R$ 7.170.013,30 de lucro. Contra o Fluminense, R$ 5.833.202,17; e contra o Juventude, R$ 3.663.731,77. Todos esses jogos tiveram públicos acima dos 50 mil torcedores, o que também aconteceu contra Grêmio, Corinthians e América-MG.

Ao fim, os mineiros somaram R$ 22.252.215,98 em renda líquida. Essa valor é quase metade do que foi lucrado até agora em todo o campeonato: R$ 49.103.008,52. A rodada final pode aumentar ou diminuir esse valor total, mas o Atlético não atuará mais em casa.

Os recordes

Essa é a primeira vez na história que um clube cruza a marca de R$ 2 milhões de renda média por jogo. Ao mesmo tempo, é a primeira vez que o Galo cruza a casa dos R$ 20 milhões de lucro com a arquibancada. Mas, ainda assim, o time segue longe da ponta das maiores rendas totais. Hoje, essa marca é do Palmeiras de 2016, que foi campeão lucrando R$ 31.243.075,23 em seus 19 jogos em casa. Ali, a média ficou em R$ 1.644.372,38 – o que também era o recorde vigente.

Mas, caso o Atlético tivesse tido essa média ao longo de 19 partidas, o que não é muito provável, o clube teria tido uma renda líquida total de R$ 42.279.210,40. Esse valor quebraria todos os recordes nominais vigentes, ultrapassando o Palmeiras em mais de R$ 10 milhões e dando mais uma boa base financeira para o campeão.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Barcelona

Novo vínculo do maior jogador de todos os tempos com a T1 foi inspirado no retornou do astro a NBA em 1995