O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Sem Categoria

“Sem medo”, técnico da Sérvia garante que não mudará esquema contra o Brasil

Treinador Dragan Stojkovic, da Seleção Sérvia
Divulgação/Fifa

Dragan Stojkovic optou por não revelar a escalação

Chegou a tão esperada hora da estreia do Brasil na Copa do Mundo. E o jogo desta quinta-feira será contra a Seleção Sérvia, cuja escalação vai ficar sendo um mistério até a hora do jogo. Sem comentar o time, o treinador Dragan Stojkovic garantiu que não teme a Canarinha e que a torcida pode esperar uma Sérvia “corajosa” em campo.

Sérvia sem medo

Na visão de Stojkovic, a Sérvia tem consciência de que se prepara para um jogo difícil. Ele elogiou a geração da Seleção Brasileira e mostrou acreditar nas chances do seu país. “Devemos esperar a melhor Sérvia, corajosa, que disputará o melhor futebol e buscará um resultado excelente. O Brasil tem muita sorte de ter quatro atacantes ao mesmo tempo, mas e em relação à defesa? Vai ter alguém lá atrás?”

Assim, ele continuou. “O Brasil é um dos melhores times do mundo, tem uma geração de ouro, e certamente esperamos um jogo muito difícil. Mas como time temos que nos concentrar no nosso próprio estilo de futebol, com nossas habilidades técnicas e táticas para ser um bom adversário para o Brasil. O jogo começa 0 a 0. O Brasil tem chance de ganhar, mas a Sérvia também”.

Nessa visão, o treinador também garantiu que não vai mudar o estilo de jogo por causa da força ofensiva do elenco brasileiro. “Nunca jogamos com marcação individual, marcação homem a homem. O Brasil tem jogadores de altíssima qualidade (…) Não me importa como o Brasil vai jogar, me importa como a Sérvia vai jogar”.

Ainda assim, ele demonstrou preocupação defensiva. “É difícil defender contra jogadores tão bons como os do Brasil, mas temos que nos concentrar no jogo de modo completo e pará-los de um jeito inteligente por zona. Não vamos correr atrás para fazer uma marcação homem a homem. Vai ser difícil, mas é possível pará-los.

O jogo

Com isso, Dragan garantiu que não vai revelar a formação da sua seleção para este jogo. “Nenhum técnico divulgará a escalação. Vocês têm que se acostumar com isso. Sabemos 99% da escalação do Brasil, não faremos mudanças. Nos últimos dois dias, nos adaptamos às circunstâncias, ao clima no Catar, e a situação é satisfatória”.

Agora, “sem medo”, a Sérvia faz sua estreia na Copa do Mundo às 16h desta quinta-feira. O jogo contra o Brasil acontece no estádio Lusail, que será o palco da final do Mundial. O grupo será aberto logo às 7h, em jogo entre Camarões e Suíça.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história