O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Sem Categoria

Árbitros de futebol: Como se tornar um, do que você vai precisar e quais os salários médios

Árbitro Raphael Claus, vestindo camisa amarela e calção preto, com o apito na boca e fazendo gesto com as mãos para baixo

Conheça mais sobre uma das profissões mais polêmicas no futebol

Os árbitros de futebol são figuras extremamente importantes para o esporte. Eles são os responsáveis por cumprir as regras durante uma partida. Mas você sabe como se tornar um árbitro? Não é tão simples assim.

Há algumas exigências a cumprir para se tornar um árbitro de futebol. Elas vão desde escolaridade até condições físicas. Além disso, uma vez árbitro é preciso se manter atualizado e saudável.

Continue lendo este artigo do Jogo Hoje e entenda tudo sobre árbitros de futebol.

Lei de regulamentação da profissão de árbitros de futebol

Existe uma lei que regulamenta a profissão de árbitros de futebol. Ela permite à categoria a possibilidade de se organizar em associações profissionais e sindicatos.

Para poder se tornar um árbitro de futebol é preciso ter Ensino Médio completo, não ter restrições de saúde e conseguir fazer atividades físicas de alto rendimento. Ou seja, o árbitro precisa ter um condicionamento que não seja muito diferente dos jogadores.

Mas não é só isso. É preciso também fazer um curso oficial de formação de árbitros de futebol. Esse curso tem duração de 2 anos e é realizado pelos estados. Esse é considerado o requisito básico para entrar na profissão.

É importante ressaltar que exista uma idade limite que precisa ser respeitada. Ou seja, os candidatos a novos árbitros devem ser maiores de 18 anos e ter menos de 25 anos para poderem fazer parte do curso de formação.

Corinthians tem apenas 40% de aproveitamento com árbitro de jogo contra o Fortaleza; veja arbitragem

O passo a passo para se tornar um árbitro de futebol

Uma vez que entrar em um curso de formação de árbitros de futebol, o candidato vai aprender todas as regras do jogo. Uma parte importante que é mostrada são as interpretações. Ou seja, aqueles lances que não são claros e que costumam causar dúvidas.

No curso de formação, o candidato também deverá ficar familiarizado com os regulamentos das competições. A ideia é que ele só seja habilitado quando conseguir adquirir conhecimento pleno sobre as regras tradicionais e as mudanças feitas ao longo dos anos.

Conmebol divulga árbitros para semis da Libertadores e Sul-Americana

Depois que passar pelos 2 anos de curso de formação, o candidato estará habilitado para começar a apitar em jogos válidos por competições de base do seu estado. É uma espécie de teste prático.

Depois que adquirir experiência, o árbitro novato poderá ser acionado para apitar as divisões de acesso dos campeonatos estaduais. Quando ele for considerado pronto para desafios maiores, poderá ganhar uma chance na divisão de elite do estadual.

Exigências para os árbitros do Campeonato Brasileiro são maiores

O 3º passo na carreira de um árbitro de futebol é a autorização para apitar jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro. É quando o profissional deixa de ter uma atuação estadual para se tornar nacional. Mas não é fácil chegar até lá.

Neste caso, o árbitro precisa ter ensino Superior completo. Além disso, ele deverá ter no currículo um número mínimo de jogos apitados em partidas válidas pelos estaduais.

E mesmo a partir do momento em que se tornar um árbitro nacional, é preciso cumprir uma série de protocolos. Periodicamente, são feitas avaliações técnicas e físicas. O árbitro precisa mostrar evolução nos 2 aspectos.

Profissionalização dos árbitros de futebol: utopia ou realidade? | Blogs - ESPN

Remuneração dos árbitros de futebol ainda é distante da realidade dos atletas

O futebol é um esporte que paga mal à maioria dos jogadores, mas pode ser extremamente lucrativo para os craques. Alguns dos atletas mais bem pagos do mundo são jogadores de futebol. Mas a realidade para os árbitros de futebol é bem diferente.

O salário de um árbitro de futebol varia de acordo com a importância do jogo que ele apita. Quando é uma partida infantil, por exemplo, o juiz recebe algo em torno de R$ 80 por jogo. Se o jogo for válido por uma categoria de base, a remuneração média aumenta para R$ 140.

O valor vai subindo conforme a importância do jogo. Mas uma coisa não muda: o salário é sempre por partida apitada. Sim, o árbitro de futebol não tem uma remuneração fixa.

Se o árbitro de futebol tiver chancela da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o salário sobe para R$ 2.500 por jogo apitado. Mas até chegar a esse patamar, são anos de profissão, ganhando uma remuneração mais baixa.

Por fim, se o árbitro for considerado Fifa, ou seja, se tiver autorização para apitar um jogo internacional, o salário sobe para até R$ 4 mil por jogo. Nesse momento, ele atinge o teto salarial da profissão.

Brasil terá dois árbitros na Copa

A Copa do Mundo do Catar terá a presença de 2 árbitros brasileiros. Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio estão entre os 36 profissionais escolhidos para apitar os jogos do Mundial. Além deles, o Brasil terá 5 árbitros assistentes, incluindo 1 mulher: Neuza Back, Bruno Boschilia, Rodrigo Figueiredo, Bruno Pires e Danilo Simon. 

O Brasil tem 17 árbitros Fifa. Embora não tenha sido chamado para a Copa, talvez nenhum seja tão famoso hoje quanto Anderson Daronco. O árbitro de 41 anos é conhecido pela sua força física, mas também é apontado como um dos melhores profissionais do país no momento.

O que teria feito Daronco ser vetado da Copa do Mundo foi um gol mal anulado do Peru durante partida contra o Uruguai pelas Eliminatórias Sul-Americanas.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....