O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Outros esportes

Seleção masculina de vôlei: conheça a história de uma das maiores potências do esporte no mundo

Seleção masculina de vôlei posa em quadra comemorando vitória. Atletas vestem camisas amarelas e shorts azuis.

Saiba mais sobre o retrospecto de uma das principais forças do vôlei mundial

Se tem uma equipe reconhecida mundialmente pela sua força, essa equipe é a Seleção masculina de vôlei. Nas últimas décadas, a equipe se transformou em uma potência do esporte. Graças a uma coleção de taças conquistadas nos último anos, passou a ter o respeito dos adversários. 

Com um histórico vencedor, uma realidade competitiva e boa projeção para o futuro, a Seleção masculina de vôlei é motivo de orgulho para os brasileiros. Continue lendo este artigo do Jogo Hoje e saiba tudo sobre o Brasil no vôlei masculino.

Seleção masculina de vôlei é destaque olímpico

A equipe é uma das maiores campeãs olímpicas da história. Apenas Brasil, União Soviética e Estados Unidos ganharam 3 medalhas de ouro nos Jogos de Inverno. Ninguém fez mais do que isso.

Mas além das 3 medalhas de ouro, a Seleção Brasileira ganhou 3 pratas. Enquanto a União Soviética soma 2 pratas e 1 bronze, os Estados Unidos possuem 2 bronzes e nenhuma prata. Dessa forma, se fosse preciso desempatar essa disputa, o Brasil estaria na frente, devido ao peso das 3 medalhas de prata.

A Seleção Brasileira Masculina também é uma referência no Campeonato Mundial de Vôlei. A Rússia domina esta competição e a Itália duela com o Brasil pelo posto de 2ª maior seleção  vencedora.

Grupo do Brasil no Mundial de vôlei masculino é definido

A Rússia tem 6 títulos mundiais, além de 3 vices e 3 terceiros lugares. A Itália tem 4 ouros e 1 prata. O Brasil tem 3 ouros, 3 pratas e 1 bronze. Somando com os títulos nos Jogos Olímpicos, a Seleção Brasileira acumula 6 ouros, 6 pratas e 1 bronze. São incríveis 13 medalhas.

A importância da geração de prata para a Seleção Brasileira Masculina de Vôlei

O sucesso da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei é relativamente recente. Foi na década de 1980 que o esporte ganhou maior notoriedade no país. Mas se engana quem acredita que foi a partir de uma conquista. A evolução do esporte no país veio a partir de uma medalha de prata.

O time que tinha Bernard, Renan, Montanaro, William, Xandó, Amauri é, até hoje, conhecido como “geração de prata”. Afinal, a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles (1984) foi o maior feito desta equipe.

Geração de 1984: uma mudança de patamar no vôlei brasileiro

Mas antes de garantir ao Brasil a medalha olímpica do vôlei, a geração de prata já havia garantido bons resultados, como o 3º lugar na Copa do Mundo de 1981, o 2º lugar no Mundial de 1982 e a medalha de ouro no Pan-Americano de 1983.

Depois da prata conquistada em Los Angeles (1984), o vôlei passou a receber investimento. O país começou a incentivar as categorias de base e 8 anos depois, a recompensa viria em forma de medalha de ouro olímpica.

Geração de ouro impulsiona de vez o vôlei no Brasil

Em 1992, o vôlei já era bem mais popular do que 8 anos atrás. Mas foi a partir da conquista do ouro olímpico, em Barcelona, pela Seleção Masculina, que o esporte se consolidou como o 2º mais popular no Brasil.

O time tinha jogadores como Marcelo Negrão, Maurício, Tande, Giovane, Carlão e Paulão. O técnico era José Roberto Guimarães. Assim, com uma campanha quase perfeita, a Seleção Brasileira Masculina de Vôlei venceu todos os jogos, perdendo apenas 3 sets durante toda a competição. Na final, venceu a Holanda por 3 sets a 0.

Giba e Serginho relembram máquina de vitórias da “Geração de Diamante”: "Outro patamar" | vôlei | ge

Foi a 1ª medalha de ouro conquistada em um esporte coletivo na história do Brasil em Jogos Olímpicos. E o título colocou o vôlei brasileiro em outro patamar. É verdade que a Seleção não teve um bom desempenho nos Jogos de Atlanta (1996), quando ficou em 5º, nem em Sydney (2000), quando foi só 6º lugar.

Mas em Atenas (2004) a Seleção Masculina de Vôlei conquistou a segunda medalha de ouro. E se acostumou com o pódio. O Brasil foi vice-campeão em Pequim (2008) e Londres (2012). Quatro anos depois, no Rio (2016), a equipe ganhou o 3º ouro olímpico. Em Tóquio (2020), terminou em 4º lugar.

No Mundial de Vôlei, a Seleção Brasileira Masculina conseguiu 3 títulos seguidos, em 2002, 2006 e 2010. Depois, foi vice-campeã 2 vezes seguidas, em 2014 e 2018. Em 2022, ficou com o 3º lugar.

Brasil se mantém no top 5 do ranking, mas distante do líder

A Seleção Brasileira Masculina de Vôlei continua sendo uma das mais fortes do mundo. Mas a “seca” de títulos no Mundial e nos Jogos Olímpicos fez a equipe perder espaço para outras seleções.

O Ranking da Federação Internacional de Voleibol coloca o Brasil atualmente apenas na 4ª posição. A equipe tem 361 pontos, um pouco atrás da França, que tem 368, mas também pouca coisa à frente da Rússia, com 352.

Quem lidera o ranking é a Polônia, com 389 pontos. A Itália aparece em 2º, com 369 pontos. A Itália subiu para o 2º lugar após conquistar o Mundial depois de 24 anos. E o Brasil, que estava em 3º antes da última atualização, perdeu 1 posição, justamente para a Seleção Italiana.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....