O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Outros esportes

Regras da natação: conheça as principais exigências do esporte

Três nadadoras durante prova em piscina, cada uma em uma raia

Saiba mais sobre uma das principais e mais importantes modalidades esportivas

Um dos esportes mais praticados no mundo é a natação. Mas, por trás da disputa nas piscinas entre atletas com trajes de banho e touca, existem várias regras que precisam ser cumpridas. As regras da natação padronizam tudo que envolve a modalidade. 

Não é simplesmente vestir o traje de piscina, cair na água e sair nadando. Há detalhes sobre o tamanho das piscinas, tipo de traje, irregularidades e muita coisa varia de acordo com o tipo de nado. 

Continue lendo este artigo do Jogo Hoje e entenda melhor as regras da natação.

Regras da natação: dimensões oficiais

A 1ª regra básica da natação é sobre o tamanho da piscina. As dimensões oficiais são 50 metros de comprimento e 20 metros de largura. Mas alguns campeonatos são realizados com “piscina curta”, que tem 25 metros de comprimento e 20 metros de largura. Nos 2 casos, a profundidade da piscina é a mesma: 3 metros.

Para evitar o choque entre atletas no meio da água, as piscinas são divididas por pequenos espaços verticais chamados de raias. A demarcação das raias é feita por um material que flutua e é colocado de uma ponta à outra da piscina. No piso, também é feita uma marcação.

Nas piscinas olímpicas, aquelas que têm 50 metros de comprimento e 20 metros de largura, as raias têm 2,5 metros de largura. Nas piscinas curtas, as raias são um pouco mais estreitas, com 2 metros de largura.

Piscina olímpica é aprovada; Calor, placar e cobertura da área externa são os desafios - Surto Olímpico

Natação tem regras bem definidas para cada tipo de nado

As provas de natação são disputadas em vários estilos. Mas se engana quem pensa que é só chegar lá e nadar. Para cada estilo, existem regras bem definidas.

Nado livre

O nado livre é o mais conhecido de todos. Nele, o nadador pode escolher o estilo que quiser. Mas na prática não existe variedade. No nado livre, o estilo escolhido é sempre o crawl, que é o mais rápido de todos. Existem 6 distâncias no nado livre: 50 metros, 100 metros, 200 metros, 400 metros, 800 metros e 1500 metros. Em todas elas, o nadador tem que tocar na parede ao fim de cada volta e no fim da prova.

Nado peito

No nado peito, o nadador joga as mãos para a frente. O estilo tem esse nome porque o corpo deve ser mantido sobre o peito. Há apenas uma exceção: na hora da saída, o nadador está de costas, mas imediatamente após o início da prova, ele deve ficar na posição de peito.

Há também regras para as “pernadas”. O movimento das pernas deve ser simultâneo. Não são permitidos movimentos fora de sincronia. Por fim, uma curiosidade: na hora da chegada, a batida deve ser feita com as duas mãos.

100m peito masculino - Natação - Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Nado borboleta

O nado borboleta começa similar ao peito, pois o corpo também deve ficar sobre o peito. Mas o movimento do nadador é bem diferente. Tanto dos braços como das pernas.

Os braços devem ser “jogados” para a frente e por cima da água, e depois trazidos para trás simultaneamente.

As pernas, juntas, devem ser jogadas para a frente e para trás em sintonia uma com a outra. Neste caso, o movimento de perna do nado peito é proibido. Nos primeiros 15 minutos de prova e também nos primeiros 15 metros de cada virada, o nadador pode ficar submerso.

Joanna Maranhão pede mais ambição à natação feminina

Nado costas

O nado costas começa com os nadadores dentro das piscinas. O movimento é bem diferente dos outros nados. Como o nome sugere, o atleta desliza pela água em velocidade com o corpo virado para cima.

Assim como no nado borboleta, o nadador pode ficar com o corpo submerso nos primeiros 15 metros de prova e de cada volta. Mas mesmo quando está de costas, alguma parte do corpo do nadador precisa estar do lado de fora da água. Na maioria das vezes, será a cabeça.

Nado medley: uma prova de resistência da natação

O nado medley é conhecido por ser o mais completo e também o mais cansativo da natação. Imagine reunir os 4 estilos em uma mesma prova. Pronto, esse é o nado medley.

A sequência de estilos obedece sempre uma ordem: borboleta, seguido por costas, peito e livre. Para completar o desafio, existem 2 distâncias de prova: 200 metros ou 400 metros.

Na prova dos 200 metros, o nadador enfrenta 50 metros de cada estilo. Ou seja, cada vez que ele toca na borda da piscina, troca o estilo. Na prova dos 400 metros, a troca de estilo acontece a cada 100 metros, ou seja, a cada 2 batidas na borda.

A natação prevê ainda uma disputa de revezamento. Ou seja, mais de um atleta disputando a prova por uma mesma equipe. Neste caso, cada equipe deverá ter 4 nadadores.

Após a prova ser iniciada, os nadadores que caírem depois na água só poderão pular quando o atleta da sua equipe bater na borda. Caso contrário, a equipe inteira será desclassificada.

Regras da Natação estilo medley provas de 200 e 400 metros | Resumo Escolar

Roupas da natação já causaram polêmica

Os trajes dos nadadores também também precisam obedecer regras. No feminino, são liberados maiôs que não ultrapassem os joelhos. No masculino, são permitidos sunga ou shorts que também não poderão ultrapassar os joelhos. Homens e mulheres podem também usar touca e óculos.

Em 2008, antes dos Jogos de Pequim, os nadadores começaram a usar trajes que foram chamados de tecnológicos. Eram maiôs que repeliam a água e deixavam os nadadores mais leves dentro da piscina.

Natação em Tóquio-2020 começa com perseguição a recordes de Pequim-2008 - 23/07/2021 - Esporte - Folha

Naturalmente, os atletas começaram a baixar seus tempos e estabelecer recordes. Cerca de 1 ano e meio depois, no fim de 2009, esses trajes foram proibidos. Não só esses trajes, como qualquer outro que ajude o atleta a ter mais mobilidade.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....