Outros esportes

Pan-Americano: Brasil garante três finais de duplas e três semis de simples no tênis

Brasil já garantiu quatro medalhas no tênis e pode fechar Pan com seis O Brasil viveu mais um grande dia […]

Tenistas Laura Pigossi e Luísa Stefani em jogo do Pan-Americano Santiago 2023

Marina Ziehe/COB

Brasil já garantiu quatro medalhas no tênis e pode fechar Pan com seis

O Brasil viveu mais um grande dia no tênis dos Jogos Pan-Americanos de Santiago. Nesta sexta-feira (27), os tenistas brasileiros entraram em quadra para sete jogos e saíram com três vagas nas finais de duplas e três classificações para semifinais nas chaves de simples, dando a certeza de pelo menos quatro pódios brasileiros no saibro.

Laura Pigossi venceu Jamie Loeb por 2 sets a 1, enquanto Gustavo HeidiThiago Monteiro superaram Daniel Vallejo e Facundo Bagnis em sets seguidos. Carol Meligeni teve a 1ª (e até agora única) derrota brasileira em Santiago, com 2 sets a 0 para Louredes Carle. Nas duplas, três vitórias por sets seguidos: Pigossi e Laura Stefani sobre Guarachi/Labraña; Heidi e Marcelo Demoliner sobre Hardt/Cid; e Stefani e Demoliner sobre Capurro/Diaz Acosta.

Os jogos do tênis

O dia começou com disputas simultâneas nas quartas da chave individual feminina. Laura Pigossi enfrentou a estadunidense Jamie Loeb, forçou ralis e contou com erros não forçados para fechar o 1º set em 7-5. No 2º, Laura sofreu no 1º serviço e cedeu três quebras à adversária – inclusive a do último game, fechando o set em 6-4. Com tudo empatado, a decisão foi para o 3º, mas a brasileira dominou por completo e fechou em 6-1.

Ao mesmo tempo, Carol Meligeni enfrentava a argentina Lourdes Carle em um jogo longo e com muitas trocas de quebras. Após 1h25, a hermana venceu o tie-break e fechou o 1º set em 7-6. Mas o 2º set foi bem mais rápido, com a argentina quebrando todos os saques de Carol e fechando em 6-1.

Na disputa masculina, Gustavo Heidi complicou o 1º serviço do paraguaio Daniel Vallejo e conseguiu duas quebras para fechar o 1º set em 6-3. No 2º, os papéis de inverteram e Vallejo passou as explorar as falhas do brasileiro no 1º serviço, o que equilibrou o jogo. Mas o paraguaio pecou nos pontos decisivos e Heidi conseguiu fechar o set em 6-4.

Já pela noite, Thiago Monteiro fechou a disputa de simples com chave de ouro. Contra o argentino Facundo Bagnis, o cearense fez um 1º set  quase perfeito, abrindo 5-0 e chegando a 12 games seguidos no torneio. No fim, ele sofreu uma quebra e fechou o set em 6-2. O 2º set foi mais disputado, mas Thiago conseguiu quebrar o 6º game e encaminhar para fechar o jogo em 6-4.

Thiago Monteiro em jogo de tênis no Pan-Americano Santiago 2023
Dante Fernandez/Santiago 2023 vía Photosport

Os duplistas

Já pela noite, começaram as disputas das duplas em um Brasil x Chile com Luisa StefaniLaura Pigossi vencendo Alexa Guarachi e Fernanda Labraña em sets seguidos. Em um jogo rápido, as brasileiras tiveram aproveitamento de quase 100% no 1º serviço e conseguiram fechar em 6-3/6-2.

Na chave masculina, Gustavo Heidi e Marcelo Demoliner superaram dominicanos Nick Hardt e Roberto Cid em um jogo duro. No 1º set, muito equilíbrio, muitas polêmicas e vitória brasileira no tie-break, por 7-4 para fechar o set em 7-6. No 2º o jogo foi mais tranquilo e Heidi/Demoliner fecharam em 6-3.

Por fim, Luisa e Marcelo voltaram à quadra para o jogo contra os argentinos Capurro/Diaz Acosta. Depois de uma vitória e uma derrota no Brasil x Argentina no simples, as duplas mistas foram o desempate do dia – melhor para nós. Os brasileiros entraram bem no jogo, não demoraram para quebrar o saque argentino e fecharam o 1º set em 6-2. O 2º também foi resolvido rápido: vitória brasileira por 6-4.

Tenistas Laura Pigossi e Luísa Stefani em jogo do Pan-Americano Santiago 2023
Medalhistas olímpicas, Luísa e Laura também serão medalhistas pan-americanas – Marina Ziehe/COB

O tênis nos Jogos Pan-Americanos

Neste sábado, nos jogos de simples, Laura Pigossi enfrenta a argentina Julia Riera às 11h. Depois, não antes das 13h, Gustavo Heide enfrenta o argentino Facundo Diaz Acosta. E não antes das 14h, Thiago Monteiro enfrenta o chileno Tomás Barrios. Além da final, as vitórias também valem vagas olímpicas. Mas, com dois brasileiros na semi masculina, já há certeza de presença verde-amarela no pódio.

Os jogos das duplas não têm horário confirmado ainda, mas a dupla masculina enfrenta os chilenos Tabilo/Barrios, enquanto a feminina joga contra as colombianas Perez/Herazo. Nas duplas mistas, os colombianos Lizarazo/Barrientos garantiram a outra vaga na final.

O Brasil levou equipe cheia para Santiago no tênis, com dois tenistas no simples e uma dupla em cada gênero, além de uma dupla mista. Dos seis nomes na delegação, apenas Carol Meligeni não está mais na briga por medalhas, após a derrota desta sexta-feira. Em 18 jogos até o momento, os brasileiros soma 17 vitórias e uma única derrota.

O tênis brasileiro tem um grande retrospecto nos Jogos Pan-Americanos. Nomes importantes como Maria Esther Bueno, Thomas Koch, Fernando Meligeni e Teliana Pereira já garantiram medalhas para o Brasil, que tem 15 ouros, oito pratas e 14 bronzes, somando 37 pódios.

Carol Meligeni em jogo de tênis no Pan-Americano Santiago 2023
Carol Meligeni é a única tenista brasileira já fora das disputas por medalha – Dante Fernandez/Santiago 2023 vía Photosport

Mais notícias e informações quentinhas sobre o Pan-Americano e outros esportes você vê no Jogo Hoje

COMPARTILHE

Bombando em Outros esportes

1

Outros esportes

F1: na Ferrari a partir de 2025, Lewis Hamilton quer repetir trabalho de diversidade feito na Mercedes

2

Outros esportes

Tênis: João Fonseca vence chileno, avança às quartas e faz história no Rio Open

3

Outros esportes

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

4

Outros esportes

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

5

Outros esportes

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’