Outros esportes

Brasil fecha Pan-Americano na liderança do quadro de medalhas de 13 esportes

Apenas EUA conseguiram liderar em mais esportes neste Pan Dos 57 esportes disputados nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, o Brasil foi […]

Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica com medalha de ouro no Pan-Americano Santiago 2023

Wander Roberto/COB

Apenas EUA conseguiram liderar em mais esportes neste Pan

Dos 57 esportes disputados nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, o Brasil foi o líder do quadro de medalhas em quase um quarto deles. Em uma campanha histórica que terminou com recorde de ouros (66), de pratas (73) e de medalhas (205). Ao todo, foram 13 esportes que tiveram o Brasil na liderança do quadro de medalhas, atrás apenas dos EUA, que lideraram 25.

As lideranças no Pan-Americano

Ao todo, 10 países conseguiram liderar o quadro de medalhas de algum esporte nesta edição do Pan-Americano. Os Estados Unidos estiveram à frente do quadro em 25 dos 57 esportes, sendo duas dessas lideranças divididas com a Argentina. O Brasil também dividiu duas das suas 13 lideranças com os hermanos, que tiveram cinco ao todo.

O México, país que mais surpreendeu no quadro de medalhas final, conseguindo 52 ouros e terminando à frente do Canadá, conseguiu liderar oito esportes neste Pan – um deles dividido com o Paraguai, que ganhou o seu 2º ouro na história do torneio, ambas no golfe.

Os canadenses, por sua vez, lideraram apenas três quadros, um a menos que a Colômbia. Cuba e Peru apareceram em uma das lideranças, assim como os chilenos, que receberam o Pan-Americano pela 1ª vez e conseguiu um recorde de medalhas (79) – ainda que com menos ouros que na edição passada (12 x 13).

Seleção Brasileira de Judô em disputa por equipes do Pan-Americano Santiago 2023
Brasil conquistou sete ouros em campanha histórica do judô do Pan-Americano – Wander Roberto/COB

As medalhas brasileiras por esporte

Os esportes liberados pelo Brasil

  • Ginástica rítmica: 8-4-1 (13 medalhas)
  • Judô: 7-3-6 (16 medalhas)
  • Boxe: 4-5-3 (12 medalhas)
  • Canoagem slalom: 3-3-0 (6 medalhas)
  • Tênis: 3-1-1 (5 medalhas)
  • Tênis de mesa: 2-4-1 (7 medalhas)
  • Skate: 2-3-0 (5 medalhas)
  • Triatlo: 2-0-0 (2 medalhas)
  • Vôlei de praia: 2-0-0 (2 medalhas)
  • Vôlei: 1-1-0 (2 medalhas)
  • Patinação artística: 1-1-0 (2 medalhas)
  • Handebol: 1-1-0 (2 medalhas) – empatado com a Argentina
  • Basquete: 1-0-1 (2 medalhas) – empatado com a Argentina

Brasil em 2º

  • Atletismo: 7-10-6 (23 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Ginástica artística: 3-9-2 (14 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Vela: 3-0-3 (6 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Hipismo saltos: 1-0-1 (2 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Futebol: 1-0-0 (1 medalha) – liderado pelo México
  • Hipismo adestramento: 0-2-0 (2 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Polo aquático: 0-1-1 (2 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Águas abertas: 0-1-1 (2 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Beisebol: 0-1-0 (1 medalha) – liderado pela Colômbia

Brasil em 3º

  • Natação: 7-7-11 (25 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Lutas (wrestling): 2-1-1 (4 medalhas) – liderado por Cuba
  • Surfe: 1-3-1 (5 medalhas) – liderado pelo Peru
  • Taekwondo: 1-1-3 (5 medalhas) – liderado pelo México
  • Esgrima: 1-0-4 (5 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Ginástica de trampolim: 0-3-1 (4 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Hipismo CCE: 0-1-1 (2 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Badminton: 0-1-2 (3 medalhas) – liderado pelo Canadá
  • Ciclismo mountain bike: 0-0-2 (2 medalhas) – liderado pelo Canadá
  • Nado artístico: 0-0-1 (1 medalha) – liderado pelo México

Brasil em 4º

  • Caratê: 1-1-4 (6 medalhas) – liderado pelo Chile
  • Ciclismo BMX Freestyle: 0-0-1 (1 medalha) – liderado por Argentina e EUA

Brasil em 5º

  • Canoagem velocidade: 0-2-0 (2 medalhas) – liderado pelo Canadá
  • Rugby sevens: 0-0-1 – liderado por Argentina e EUA

Brasil em 6º

  • Tiro com arco: 0-2-1 (3 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Saltos ornamentais: 0-0-1 (1 medalha) – liderado pelo México

Brasil em 7º

  • Remo: 1-1-0 (2 medalhas) – liderado pelos EUA
  • Pelota basca: 0-0-1 (1 medalha) – liderado pelo México
  • Esqui aquático: 0-0-1 (1 medalha) – liderado pelos EUA

Brasil em 9º

  • Levantamento de peso: 0-1-1 (1 medalha) – liderado pela Colômbia

Brasil em 11º

  • Tiro esportivo: 0-0-1 (1 medalha) – liderado pelos EUA

Sem medalha para o Brasil

  • Basquete 3×3 (liderado pelos EUA), Breaking (liderado pelos EUA), Boliche (liderado pelos EUA), Ciclismo BMX racing (liderado pelos EUA), Ciclismo de estrada (liderado pelos EUA), Ciclismo de pista (liderado pela Colômbia), Escalada esportiva (liderado pelos EUA), Hóquei sobre grama (liderado pela Argentina), Golfe (liderado por México e Paraguai), Patinação de velocidade (liderado pela Colômbia), Pentatlo moderno (liderado pelo México), Raquetebol (liderado pelo México), Softbol (liderado pelos EUA) e Squash (liderado pelos EUA).
Pugilista Bárbara dos Santos com medalha do boxe nos Jogos Pan-Americanos Santiago 2023
Bárbara dos Santos conseguiu uma das medalhas de ouro do boxe – Wander Roberto/COB

Mais notícias e informações quentinhas sobre esportes você vê no Jogo Hoje

COMPARTILHE

Bombando em Outros esportes

1

Outros esportes

F1: na Ferrari a partir de 2025, Lewis Hamilton quer repetir trabalho de diversidade feito na Mercedes

2

Outros esportes

Tênis: João Fonseca vence chileno, avança às quartas e faz história no Rio Open

3

Outros esportes

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

4

Outros esportes

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

5

Outros esportes

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’