Outros esportes

Badminton: Em jogo de mais de 1h, Fabrício e Davi perdem para canadenses e ficam com a prata no Pan

Essa foi a 3ª medalha do Brasil no badminton deste Pan A participação brasileira no badminton dos Jogos Pan-Americanos chegou ao […]

Davi Silva e Fabrício Farias em jogo do badminton no Pan-Americano Santiago 2023

Wender Roberto/COB

Essa foi a 3ª medalha do Brasil no badminton deste Pan

A participação brasileira no badminton dos Jogos Pan-Americanos chegou ao fim com mais uma medalha. Nesta quarta-feira (25), o piauiense Fabrício Farias e o carioca Davi Silva saíram na frente, mas perderam de virada para os canadenses Nyl Yakura e Dong Adam por 2 sets a 1 (21-19, 15-21, 18-21) em um jogo de mais de 1h e ficaram com a prata nas duplas masculinas.

A final das duplas masculinas no badminton

A partida começou equilibrada, mas o Brasil não demorou muito para começar a abrir vantagem, levando o jogo para 11-6. Mas os canadenses voltaram bem da parada dos 11 pontos, engataram quatro pontos seguidos e levaram o placar para 11-10. Daí em diante, as duas duplas foram trocando pontos, com os brasileiros administrando uma vantagem apertada. Mas o Brasil voltou a crescer no fim e fechou o set em 21-19.

O 2º set começou em um jogo muito intenso, com direito a um rali de 160 segundos, e muito equilíbrio no placar. Mas os canadenses abriram 8-6 e conseguiram deslanchar no placar na metade final do set, ampliando para 17-12. Daí, foi só conduzir para fechar em 21-15.

Assim, a definição da medalha ficou para o 3º e último set. Mas o Brasil voltou mal para o jogo, forçando e errando muito. Nisso, o Canadá abriu 6-1 e forçou os brasileiros a uma partida de recuperação – o que aconteceu. Fabrício e Davi voltaram para o jogo e buscaram o 12-12. Mas os adversários logo abriram 18-13 e encaminharam a vantagem para fechar em 12-18.

Davi Silva e Fabrício Farias em jogo do badminton no Pan-Americano Santiago 2023
Gaspar Nóbrega/COB

O badminton nos Jogos Pan-Americanos

Antes dessa final, o Brasil já tinha confirmado duas medalhas de bronze nas duplas. Nas femininas, Sânia Lima e Juliana Vieira não seguraram o forte ritmo de um jogo cheio de ralis e perderam a semifinal para as estadunidenses Xu/Xu. Nas mistas, outra derrota para os Estados Unidos, com Davi e Sânia perdendo de virada para Chiu/Gai.

O desempenho foi um pouco pior que o do último Pan, em Lima 2019, quando o Brasil fechou a disputa do badminton com um ouro (com Ygor Coelho, no individual masculino) e três bronzes. Ao todo, com a medalha de hoje, o Brasil soma um ouro, três pratas e nove bronzes em Jogos Pan-Americanos.

Juliana Vieira e Sânia Lima em jogo do badminton no Pan-Americano Santiago 2023
Wender Roberto/COB

Mais notícias e informações quentinhas sobre o Pan-Americano e outros esportes você vê no Jogo Hoje

COMPARTILHE

Bombando em Outros esportes

1

Outros esportes

F1: na Ferrari a partir de 2025, Lewis Hamilton quer repetir trabalho de diversidade feito na Mercedes

2

Outros esportes

Tênis: João Fonseca vence chileno, avança às quartas e faz história no Rio Open

3

Outros esportes

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

4

Outros esportes

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

5

Outros esportes

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’