Automobilismo

Na Stock Car, Felipe Massa volta às vitórias após 15 anos de jejum

Piloto não vencia uma corrida desde o GP do Brasil de 2008, na Fórmula 1 Depois de 15 anos, Felipe […]

Felipe Massa comemora no pódio da Stock Car em Cascavel

Duda Bairros/Stock Car

Piloto não vencia uma corrida desde o GP do Brasil de 2008, na Fórmula 1

Depois de 15 anos, Felipe Massa está de volta às vitórias. Neste domingo (26), o piloto foi o 1º a cruzar a linha de chegada na 2ª corrida da Stock Car em Cascavel e subiu ao lugar mais alto do pódio pela 1ª vez desde o GP do Brasil de Fórmula 1 de 2008. A 1ª corrida da sessão terminou com vitória de Bruno Baptista.

Além disso, as provas ainda definiram os sete nomes que chegam com chance de título à última corrida do ano. Assim, o título da temporada 2023 ficará entre Gabriel Casagrande, Daniel Serra, Felipe Fraga, Thiago Camilo, Rafael Suzuki, Rubens Barrichello e Ricardo Zonta.

Carro de Felipe Massa na Stock Car em Cascavel
Felipe Massa venceu pela 1ª vez na Stock Car Pro Series – Duda Bairros/Stock Car

A 1ª corrida em Cascavel

A prova de Cascavel começou com uma pista desafiadora, ainda úmida em alguns pontos. Bruno Baptista conseguiu segurar a liderança, após largar na pole, mas viu o grid mudar muito atrás dele. Na janela de boxes, ele acabou ultrapassado por Daniel Serra, em uma disputa que terminou melhor para Baptista, que retomou a ponta.

No fim, Daniel ainda tentou voltar a pressionar, mas Bruno conseguiu segurar a vitória – sua 1ª na temporada e 4ª na categoria. Daniel Serra e Guilherme Salas completaram o pódio, seguidos por Julio Campos, Felipe Baptista, Ricardo Zonta, Rafael Suzuki, Gaetano Di Mauro, Felipe Massa e Lucas Foresti.

Após a corrida, Bruno Baptista falou à Stock: “A pole de ontem ajudou a concretizar a vitória hoje. Foi muito duro porque começamos com a pista ainda molhada e correndo com os pneus slicks. Foi igual para todo mundo, mas bem difícil pra gente. E o Daniel também deu muito trabalho porque ele também teve um carro muito bom. Ele me passou ali na saída dos boxes, mas consegui fazer a ultrapassagem de novo na pista, e conseguimos”.

A 1ª vitória de Felipe Massa na Stock Car

Com a inversão do grid, Felipe Massa largou em 2º na última corrida do dia. Na 1ª volta, Gianluca Petecof e Thiago Camilo se tocaram e abandonaram, enquanto Felipe Massa passou Lucas Foresti para assumir a liderança. Durante a janela de boxes, ele conseguiu disparar e abrir vantagem para consolidar a vitória.

E o destaque na reta final ficou para Átila Abreu, que largou em 25º e montou uma boa estratégia para cruzam em 2º, logo à frente de Ricardo Maurício. O top-10 ainda teve Ricardo Zonta, Gaetano di Mauro, Lucas Foresti, Daniel Serra, Enzo Elias, Júlio Campos e Felipe Baptista.

Quebrando o jejum histórico de 15 anos, desde aquele emblemático GP de Brasil de 2008, que quase terminou com um título para o brasileiro na Fórmula 1, Felipe Massa comemorou sua 1ª vitória na Stock Car. “A primeira vitória é sempre especial em qualquer categoria. Lembro bem da Fórmula 1, quando venci em 2006 na Turquia. E agora vencemos aqui na Stock Car”.

Ele continuou. “O trabalho hoje foi perfeito, tanto meu como também da equipe em termos de estratégia e de pneus. O ritmo de corrida foi muito bom aqui, especialmente na segunda prova, com os pneus já velhos, e conseguimos um resultado maravilhoso. Largamos em segundo, subimos para primeiro e abrimos vantagem, fizemos o pit-stop e voltamos na frente, então foi um resultado muito bacana. Estar no topo do pódio é o melhor lugar que a gente pode estar, então estou muito feliz”´, concluiu Felipe Massa.

Os finalistas

Apesar das vitórias deste fim de semana, Bruno Baptista e Felipe Massa não brigam pelo título da temporada. A última corrida do ano acontece no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, no próximo dia 17. Sete nomes sonham com o título: Gabriel Casagrande (286), Daniel Serra (271), Felipe Fraga (253), Thiago Camilo (250), Rafael Suzuki (243), Rubens Barrichello (239) e Ricardo Zonta (237).

Entre esses pilotos, são sete títulos da Stock Car: Serra foi tricampeão entre 2017 e 2019, sequência iniciada um ano após o título de Fraga; Casagrande venceu em 2021, enquanto Barrichello é o atual campeão, após o 1º troféu, em 2014. Do outro lado, Camilo foi vice em quatro oportunidades e quer a 1ª taça, assim como Suzuki e Zonta – que tal qual Barrichello e Massa, é ex-F1.

Tirando Daniel Serra, que foi o maior pontuador em Cascavel, com 40 pontos, nenhum dos finalistas vem de um grande fim de semana. Gabriel Casagrande lamentou os resultados, mas projetou a última corrida do ano. “Tivemos um fim de semana que não foi tão bom. O sábado nos prejudicou bastante, classificamos atrás e aí não tem muito como avançar. Aqui é uma pista onde os carros andam muito próximos, então foi bem difícil. Conseguimos algumas posições, mas não foi o suficiente”.

Ele continuou. “O que fica é que vamos para a decisão com vantagem, e são os outros que têm de arriscar para buscar o título. Tenho um bom carro, a equipe tem feito um excelente trabalho e sempre fez nas últimas vezes que fomos a Interlagos, então vamos para lá mais confiantes do que nunca para buscar esse bicampeonato”, concluiu.

Carro de Felipe Massa na Stock Car em Cascavel
Felipe Massa vinha de pódio em Velocittá – Rodrigo Guimarães/Stock Car

Mais notícias e informações quentinhas sobre esportes você vê no Jogo Hoje

COMPARTILHE

Bombando em Automobilismo

1

Automobilismo

F1: na Ferrari a partir de 2025, Lewis Hamilton quer repetir trabalho de diversidade feito na Mercedes

2

Automobilismo

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

3

Automobilismo

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’

4

Automobilismo

F1: acertado com a Ferrari para 2025, Lewis Hamilton destaca motivação em temporada de despedida na Mercedes

5

Automobilismo

F1: Alex Albon fica na Williams para 2025, garante chefe de equipe