O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Futebol

Quantos Gols Neymar tem na carreira: Será que passa dos 1000?

Neymar, em jogo pelo PSG, celebrando vitória sobre o Borussia Dortmund pela Champions League. O jogador aparece na beira do campo, erguendo o braço e olhando em direção às arquibancadas.

O camisa 10 do Brasil acumula marcas expressivas ao longo da sua carreira e vários títulos, mas também é cercado de polêmicas que o acompanham aonde quer que ele vá

Você sabe quantos gols Neymar tem na carreira? Para muitos especialistas, como jornalistas e ex-atletas, ele é o maior jogador brasileiro da última década. Além dos dribles, grandes jogadas e qualidade técnica, ele também é artilheiro. Continue lendo e descubra quantas vezes Neymar já balançou as redes. 

Aos 30 anos, Neymar foi revelado pelo Santos, onde marcou história. A mesma coisa que fez no Barcelona, tem feito no PSG e na Seleção Brasileira. Sempre com muitas bolas na rede.

Este artigo do Jogo Hoje revela quantos gols Neymar tem na carreira, quais marcas ele já atingiu, quais foram os times que mais sofreram gols do craque, quantos hat-tricks ele tem. E mais: há chance dele chegar aos 1000 gols? Acompanhe. 

Quantos gols Neymar tem na carreira? 

Até julho de 2022, Neymar já marcou 415 gols em 674 jogos na carreira. Foram 136 pelo Santos, 105 pelo Barcelona e 100 pelo Paris Saint-Germain. Enquanto que, vestindo a camisa da Seleção Brasileira, o craque já marcou 74 gols.

Neymar em jogo pela Seleção Brasileira, vestindo uniforme do Brasil, correndo em campo e fazendo o número 3 com a mão direita.

Além disso, o camisa 10 do Brasil também atingiu outro feito neste ano: se tornou o 3º jogador na história a marcar mais de 100 gols por 3 clubes diferentes. Antes dele, somente Romário e Cristiano Ronaldo, 2 gênios, tal qual Neymar.

Outro ponto importante é que o brasileiro ainda pode chegar a uma façanha que somente CR7 alcançou: marcar mais de 100 gols em 3 clubes e pela sua seleção

Com 74 gols pela Canarinho, Neymar pode, em poucos anos, igualar o feito de Cristiano Ronaldo, estabelecido em 2021. 

Para chegar até lá, o craque também terá estabelecido um novo recorde na Seleção Brasileira. Isso porque se tornará o maior artilheiro da Amarelinha na história em jogos oficiais, ao superar Pelé, que balançou as redes 77 vezes. Ou seja, faltam apenas 3 para igualar a marca do Rei do Futebol.

Quantos gols Neymar tem na carreira? Será que passa de 1000 gols?

Agora que você já sabe quantos gols Neymar tem na carreira, deve estar se perguntando: será que ele chega aos 1000 gols?

Revelado pelo Santos, assim como o Rei Pelé, as comparações de Neymar com o maior da história são inevitáveis. Com o recorde de gols pela Seleção Brasileira muito perto de ser batido, há também um questionamento: Será que Neymar passa dos 1000 gols?

Neymar correndo em campo, durante jogo pelo Santos. Jogador aparece na foto usando uniforme do Peixe, equipe pela qual atuava.

Bem, é uma missão bastante complicada e que tem se tornado bastante improvável. Isso porque, atualmente, a média de gols de Neymar é de 0,61 gol por jogo. Ou seja, de acordo com esse dado, Neymar precisaria de 1625 jogos para chegar ao milésimo gol.

Só que, aos 30 anos, Neymar não chegou sequer à metade dessa quantidade de jogos. Ou seja, ele teria que prolongar bastante a sua carreira, além de elevar sua média de gols a patamares altíssimos. Por isso se torna bastante improvável que ele atinja tal marca. Questão que, de maneira alguma, diminui a carreira do craque.

Em qual ano Neymar mais fez gols? 

A temporada em que o craque mais fez gols foi em 2012, quando defendia o Santos. Naquele ano, foram 52, sendo 43 pelo Alvinegro e 9 pelo Brasil.

Há 1 gol feito no Superclássico das Américas que não entra na conta, por não ser um jogo com as seleções principais de Brasil e Argentina. 

Em outros 2 anos Neymar também ultrapassou a marca de 40 gols. Primeiro em 2010, quando o Santos foi campeão da Copa do Brasil, ele anotou 43 tentos na temporada, sendo 42 pelo Peixe e 1 pela Seleção Brasileira.

Depois ele superou a marca em 2015, pelo Barcelona, no auge do Trio MSN, formado por Messi, Neymar e Suárez. Ali o brasileiro fez 45 gols na temporada, conquistou a Champions League e foi eleito o 3º melhor jogador do mundo. 

Messi, Neymar e Suaréz segurando taça de campeão mundial da Fifa, quando os três atuavam pelo Barcelona.

Pelo Barcelona, foram 25 gols na 2ª metade da temporada 2014/2015, e 16 na 1ª metade de 2015/2016, totalizando 41 gols. Pela Amarelinha, mais 4 tentos.

Quantos gols Neymar fez em 2022?

Em 2022, os números ainda são modestos, até porque Neymar perdeu vários jogos por estar lesionado. Mas, ao todo, Neymar fez 9 gols em 2022, em 11 jogos, sendo 10 como titular.

Quais times mais sofreram gols de Neymar? 

Algumas equipes são grandes alvos do craque brasileiro ao longo de sua carreira. Várias delas sofreram bastante, mas algumas em específico ainda mais. 

É o exemplo do Guarani, time que mais levou gols de Neymar. Ao todo, foram 10. No 2º lugar, 2 equipes e uma seleção empatam com 9 gols sofridos: Villarreal, São Paulo e Japão.

Em seguida, com 8 gols sofridos, vêm Bordeaux e Athletic Bilbao. O próprio Paris Saint-Germain, atual clube do brasileiro, teve Neymar como carrasco, quando o craque atuava pelo Barcelona. Foram 7 gols em cima do PSG na carreira.

Quantos hat-tricks Neymar já fez? 

Um artilheiro com o craque brasileiro também coleciona algumas partidas onde marcou mais de 1 gol. Quando marca 3 num só jogo, o chamado hat-trick, o atleta tem o privilégio de levar a bola para casa. Neymar soma 15 hat-tricks na carreira

Não só isso, mas Neymar também já fez 58 dobletes (2 gols num jogo), 5 pokers (4 gols num jogo) além de 1 repoker ou manita (5 gols numa só partida). Marcas impressionantes para o jogador.

Neymar, vestindo uniforme do PSG, corre de braços abertos no gramado, em comemoração.

Grandes momentos de Neymar na carreira 

Primeiros passos no Santos

O craque brasileiro estreou como profissional em 2019, ainda com 17 anos, no dia 7 de março de 2009. Na ocasião, ele entrou no 2º tempo da vitória do Santos por 2 a 1 em cima do Oeste-SP, pelo Campeonato Paulista. 

Uma semana depois, no dia 15 de março de 2009, Neymar marcou seu 1º gol como profissional, diante do Mogi Mirim-SP, também no Paulistão.

Os primeiros títulos vieram somente no ano seguinte. Em 2010, Neymar chamou a responsabilidade no Santos e foi um dos grandes destaques daquele time. Assim, conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil.

Entretanto, em 2011 veio a maior conquista de Neymar pelo Alvinegro: a Libertadores. Com direito a grandes atuações e gol na final, diante do Peñarol-URU, o craque ajudou o Santos a levantar sua terceira taça da competição continental.

2013: ida de Neymar para o Barcelona e título com a Seleção Brasileira 

Em 2013, Neymar deu mais um grande passo em sua carreira. Conquistou seu primeiro título com a Amarelinha. A Copa das Confederações. Diante de um Maracanã lotado, marcou contra a Espanha na vitória por 3 a 0, onde o Brasil ergueu o troféu de campeão.

Logo após o título, seguiu para o Barcelona, em uma venda milionária por 86,2 milhões de euros. No clube catalão, ele começou a dar seus primeiros passos para se firmar e se tornar uma estrela ao lado de Messi e Suárez.

Lesão na Copa de 2014, volta por cima no Barcelona e ouro olímpico 

O ano de 2014 foi bastante marcante para Neymar. Ele jogou sua primeira Copa do Mundo, em casa, no Brasil. Apesar de fazer uma campanha regular, o craque acabou lesionado nas quartas de final, contra a Colômbia, após joelhada do lateral Zúñiga.

Neymar deitado no gramado, com expressão facial de dor, após sofrer lesão, em entrada dura cometida por jogador da Colômbia.

Neymar teve uma vértebra fraturada e, por muito pouco, não perdeu o movimento das pernas, caso a lesão fosse alguns centímetros para o lado. Após um tempo de recuperação, ele retornou a campo pelo Barcelona e deu a volta por cima.

A temporada 2014/2015 foi a melhor do craque brasileiro desde que chegou à Europa. Conquistou a Champions League, formou um trio de ataque histórico, foi artilheiro da Champions, campeão espanhol e do Mundial de Clubes. Momento mágico.

Em 2016, Neymar ainda conseguiu mais uma grande conquista para a sua galeria: o ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Na final, contra a Alemanha, marcou um gol de falta no tempo normal e bateu o último pênalti, que deu a medalha dourada ao Brasil pela 1ª vez no futebol.

Ida para o PSG, oscilações e críticas 

Por 222 milhões de euros, mais de R$ 1 bilhão, a transferência de Neymar para o PSG é a mais cara do futebol até o momento. O camisa 10 foi contratado pelo time parisiense em 2017 para ser a grande estrela da equipe, num projeto de conquistar a Champions League. Porém, nada foi tão fácil.

Neymar passou a sofrer com lesões, críticas pelo seu extracampo, e não conseguiu capitanear o Paris Saint-Germain rumo ao título da Champions League. Agora, perdeu espaço como o principal jogador da equipe para o francês Mbappé.

Além disso, houve momentos em que Neymar tentou forçar uma saída do PSG, já que queria voltar ao Barcelona. Mas o clube catalão não poderia pagar sua multa rescisória. Ele também “ameaçou” não renovar contrato com o time francês, mas ficou na equipe até hoje.

 Eliminação na Copa do Mundo de 2018 com o Brasil 

Neymar voltou de lesão para a Copa do Mundo de 2018. Não conseguiu chegar ao seu 100% fisicamente no início do Mundial e sentiu esse peso. Porém, com o passar dos jogos, ganhou confiança e melhorou sua condição. Passou a chamar a responsabilidade e foi importante para a equipe.

Contudo, mais uma vez ficou marcado pelo “cai-cai” em várias faltas e tentativas de cavá-las. Além do mais, apesar de ter feito uma boa atuação diante da Bélgica, não foi suficiente para evitar a eliminação do Brasil para os “Diabos Vermelhos”.

Neymar, vestindo camisa amarela da Seleção Brasileira, com expressão séria e concentrada, abaixado, olhando para frente.

T

Foco na Copa do Mundo de 2022: A última Copa de Neymar? 

Depois de uma temporada complicada no PSG, Neymar tem recuperado a confiança e encerrou o ciclo com números satisfatórios. Na Seleção Brasileira, ele ganhou a companhia de jovens atletas que têm despontado e chamado a responsabilidade. O conjunto do Brasil melhorou e a “Neymardependência” parece, enfim, ter sumido. 

Porém, apesar de ter ainda 30 anos e um bom tempo ainda onde pode defender a Amarelinha, Neymar cogita que a Copa do Mundo de 2022 pode ser a sua última na carreira

Em 2021, em entrevista à emissora DAZN, o camisa 10 da Canarinho falou que acha que esse será seu último Mundial. Segundo ele, não sabe se terá “mais condições, de cabeça, de aguentar mais futebol”

Com uma grande pressão em cima dele, desde jovem, Neymar realmente trabalha com essa possibilidade de que essa será sua última Copa. 

Neymar e suas polêmicas extracampo

Neymar também ficou conhecido pelas polêmicas e seu estilo de vida no extracampo. Com temperamento forte, ele já se envolveu em brigas desde o começo da carreira, no Santos.

Em 2010, discutiu com o então técnico Dorival Júnior, que veio a ser demitido logo depois. Neste jogo em específico, contra o Atlético-GO, o técnico adversário, Renê Simões, disse que era preciso colocar limites em Neymar e disparou: “Estamos criando um monstro”.

Durante seu período no Barcelona, o craque foi acusado pela justiça espanhola de sonegar o equivalente a R$ 63 milhões em impostos. Após ter bens bloqueados, houve um acordo para o pagamento de cerca de R$ 8 milhões à Receita.

Polêmicas com Neymar aumentaram desde a chegada ao PSG

Em 2018, ele se envolveu numa pequena discussão com o atacante Cavani para a cobrança de um pênalti. Neymar pegou a bola e não deixou o uruguaio, cobrador oficial da equipe, bater. Com isso, ele foi vaiado e o clima dentro do vestiário não foi dos melhores.

Agora em 2019, após uma fratura no dedo do pé, Neymar veio para o Carnaval no Rio de Janeiro e acompanhou os desfiles das escolas de samba na Sapucaí. Viagem que pegou muito mal para o craque.

No mesmo ano, após perder o título da Copa da França para o Rennes, Neymar deixou o campo bastante irritado e agrediu um torcedor com um soco. Ato que gerou uma punição de 3 jogos de suspensão para o brasileiro.

Já no mês de maio de 2019, Neymar foi acusado de estupro pela modelo Najila Trindade. O caso repercutiu bastante. Porém, após a coleta de provas e exames, ele foi inocentado da acusação.

Frame de vídeo de câmera escondida, onde modelo Najila Andrade e Neymar se desentendem

Em 2020, em plena pandemia da covid-19, o jogador promoveu uma grande festa com amigos e convidados no Rio de Janeiro, com mais de 500 pessoas. O caso repercutiu na imprensa e redes sociais e também gerou várias críticas a Neymar.

No ano seguinte, 2021, Neymar se envolveu em polêmica com a Nike, que era sua patrocinadora. O contrato foi rompido pela empresa por ele não ter colaborado em uma investigação interna, onde ele foi acusado de cometer assédio sexual por uma funcionária da Nike. 

No início da temporada 2021/2022, Neymar foi fotografado durante suas férias e estava visivelmente acima do peso. Mais uma vez isso levantou críticas ao jogador, que depois respondeu com fotos mostrando o “tanquinho”, em forma. 

Com tantas polêmicas, é quase impossível deixar de pensar no quanto Neymar poderia ter chegado ainda mais longe na carreira. Muitas vezes ele aparece mais como um popstar do que como um atleta de futebol. 

A badalação fora dos gramados, o interesse na parte comercial da sua imagem, entre outros fatores, sempre o acompanharam e, em vários momentos, chamaram mais a atenção do que o desempenho em campo. 

Neymar tem um talento raríssimo. É inegável. Mas, com um pouco mais de profissionalismo e foco dentro de campo, algumas das expectativas em cima dele poderiam ter sido alcançadas. Como o prêmio de melhor jogador do mundo, que ele não alcançou até o momento. 

Independente de quantos gols Neymar tem na carreira, a trajetória dele no futebol fala por si só. Ganhou praticamente todos os títulos que poderia conquistar, tem vários recordes na bagagem e é idolatrado no mundo todo. Ele fez por merecer tudo que conquistou.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....