O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Futebol

As comemorações de gol mais marcantes da história do futebol mundial

Bebeto, jogador da Seleção Brasileira, vestindo camisa azul e short branco do uniforme do Brasil, comemorando gol imitando o embalar de um bebê.

Saiba mais sobre as comemorações mais marcantes do futebol

Os jogadores costumam extravasar na hora das comemorações de gol, afinal, este é o momento mais importante do futebol. Algumas dessas comemorações são tão marcantes que já fazem parte da história do futebol.

Socos no ar, embalar um neném, dar cambalhotas, mandar a torcida se calar. Já vimos de tudo no futebol quando o assunto é comemorar gol. Continue lendo este artigo do Jogo Hoje e saiba mais sobre comemorações de gol que são inesquecíveis.

Comemorações de gol: Pelé dando socos no ar

Uma das comemorações mais icônicas era a do rei do futebol. Sempre que fazia um gol, Pelé corria dando socos no ar. Como ele fez mais de mil gols na sua carreira, essa cena se repetiu muitas vezes.

Mas a origem da comemoração famosa de Pelé é um desabafo. No dia 2 de agosto de 1959, o Santos foi jogar contra o Juventus da Mooca pelo Campeonato Paulista. O jogo aconteceu no Estádio Conde Rodolfo Crespi, casa da Juventus.

Imortalizada em uma foto: conheça a história da comemoração 'soco no ar' de Pelé

A torcida local passou toda a partida vaiando Pelé, que marcou 3 gols na vitória do Santos por 4 a 0. O mais bonito dele foi o 3º, considerado por muita gente como o mais bonito da carreira de Pelé.

O Rei do Futebol deu um drible da vaca em um adversário, depois deu 2 chapéus dentro da área, encobriu o goleiro com um toque no joelho e tocou a bola para a rede usando a cabeça. Tudo isso sem deixar a bola cair.

Para comemorar o golaço e o hat trick, Pelé correu em direção à torcida do Juventus e começou a dar socos no ar. Era um desabafo por causa das vaias que recebeu. Desde então, ele sempre repetia o gesto todas as vezes que fazia gols.

Calma, eu estou aqui! A comemoração de Cristiano Ronaldo que entrou para a história

Cristiano Ronaldo foi um dos maiores jogadores da história do Real Madrid. Durante os 9 anos em que esteve na Espanha, CR7 fez 451 gols. Mas poucos foram tão marcantes quanto o que fez contra o Barcelona no dia 21 de abril de 2012.

Cristiano Ronaldo tinha uma rivalidade especial com o Barcelona. Em primeiro lugar, porque os 2 clubes mediam forças na Espanha e na Europa como um todo. Além disso, o Barça tinha Messi, grande adversário de Cristiano Ronaldo pelo posto de melhor jogador do mundo durante muitos anos.

No clássico contra o Barcelona pelo Campeonato Espanhol disputado em pleno estádio Camp Nou, casa do Barcelona, 10 anos atrás, o Real Madrid fez  1 a 0, mas o Barcelona empatou e ameaçou virar a partida.

Aos 27 minutos do segundo tempo, Cristiano Ronaldo recebeu a bola, driblou o goleiro Valdés, e marcou o gol da vitória do Real Madrid. Na hora da comemoração, ele se dirigiu aos torcedores adversários e pediu calma. “Calma, eu estou aqui”, disse.

Calma, calma: O dia que Cristiano Ronaldo calou o Camp Nou - VAVEL Brasil

Esse gesto foi repetido por Cristiano Ronaldo outras vezes, inclusive, na seleção de Portugal. Outros jogadores, de vários países do mundo, também fizeram uma versão própria para essa celebração.

Piruetas viraram febre nas comemorações de gol no futebol brasileiro

Uma comemoração que ganhou gosto entre muitos jogadores de futebol é a pirueta. É um tipo de salto acrobático que o jogador dá. Difícil dizer ao certo quem inventou essa moda, mas ela tem um bocado de seguidores.

Hernanes fez da pirueta uma marca sua. Mas não é o único no futebol brasileiro que arrisca o salto acrobático. O lateral esquerdo Marcelo levou essa moda para a Espanha. O problema é que, por lá, o “salto mortal” pode ser visto como falta de respeito.

Hernanes pede perdão por festejar gol contra a Lazio - Futebol - ANSA Brasil

Comemorações de gol polêmicas: mandar a torcida adversária se calar

Quando um jogador vem sendo xingado pela torcida adversária e ele faz um gol importante, a comemoração pode ser um desabafo polêmico, que é mandar os torcedores rivais se calarem.

Ela é polêmica porque o atleta não comemora junto à sua torcida e muitas vezes acaba despertando a ira da torcida adversária. Para muita gente, o gesto pode facilitar uma confusão dentro de campo.

Mas é difícil apontar um time que nunca tenha tido um atleta que em determinado momento tenha mandado o adversário se calar. Quem fazia muito isso era Renato Gaúcho, na época que jogava no Grêmio. O alvo era a torcida do Internacional.

Neto debocha de Gabriel Menino por comemoração pedindo silêncio: 'Isso é coisa de otário'

Bebeto fez a comemoração do tetra na Seleção

Durante a Copa do Mundo de 1994, o atacante Bebeto estava prestes a ser pai. Em um jogo difícil contra a Holanda, nas quartas de final, ele fez o 2º gol do Brasil e aí teve a ideia de uma comemoração que entrou para a história: fez um gesto com as mãos, como se estivesse embalando um bebê.

Embala neném”: o gesto que deu vida a Bebeto - CONMEBOL

O Brasil superou a Holanda por 3 a 2 e acabou sendo tetracampeã nos pênaltis contra a Itália. E aquele gesto de Bebeto, em homenagem ao filho Matheus, foi o mais emblemático da campanha vitoriosa da Seleção Brasileira em 1994.

Neymar tomou cartão amarelo após comemorar fazendo careta

Durante uma partida pelo Campeonato Francês deste ano, Neymar levou um cartão amarelo logo após marcar um gol. O brasileiro ficou sem entender nada até ser informado que foi advertido por provocar a torcida adversária.

Planeta do Futebol 🌎 on Twitter: "Neymar recebeu cartão amarelo no jogo de hoje, contra o Maccabi Haifa, por comemorar o seu gol fazendo a “careta”. 📸 Stephane de Sakutin/AFP https://t.co/qlvojHiX4y" /

Acontece que a única coisa que o jogador brasileiro fez foi fazer uma careta logo após marcar o gol. A mesma careta que ele já havia feito em outras ocasiões para comemorar um gol. Após o ocorrido, Neymar usou as redes sociais para criticar a arbitragem: “O futebol está ficando chato”, disse.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história