O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Futebol

Amistosos da Seleção: Por que eles acontecem e para que servem

Jogadores da seleção brasileira comemoram gol em amistoso contra a Tunísia, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris.

Saiba mais sobre as partidas amistosas da seleção brasileira

Preparar um time para jogar um campeonato que acontece todos os anos é uma missão difícil. Agora imagine se a competição for realizada a cada 4 anos. Esse time precisa passar por alguns testes para se preparar. É para isso que servem os amistosos da Seleção.

Este ano, os amistosos serão mais importantes do que o normal. Daqui a pouco começa a Copa do Mundo. A estreia do Brasil está marcada para o dia 24 de novembro. A Canarinha estreia contra a Sérvia.

Continue lendo este artigo do Jogo Hoje e saiba tudo sobre os amistosos da seleção antes da Copa do Mundo de 2022.

Amistosos antes do Catar

Em um dos seus últimos amistosos antes do Mundial, a Seleção venceu Gana por 3 a 0, com 2 gols de Richarlyson e 1 de Marquinhos. Neymar deu 2 assistências para gol. Foi o penúltimo amistoso do Brasil antes do Mundial do Catar.

O último amistoso foi contra a Tunísia e terminou com vitória brasileira, por 5 a 1A partida, realizada no Parque dos Príncipes, em Paris, teve 4 gols marcados no 1º tempo e 1 gol no 2º tempo. Raphinha marcou 2 vezes, Richarlison e Neymar 1 vez cada. O flamenguista Pedro fez o 5º e último gol brasileiro no jogo, que foi também o seu 1º pela Canarinho.

Essa foi a última oportunidade para o técnico Tite fazer os últimos ajustes na equipe antes da estreia no Mundial. 

Brasil enfrentará Gana e Tunísia na última data Fifa antes da Copa | Placar - O futebol sem barreiras para você

Amistosos da seleção contra equipes fracas não são teste para o Brasil

Uma crítica que costuma ser feita em relação aos amistosos do Brasil é sobre a qualidade técnica dos adversários. Para muita gente, são equipes bem inferiores e que não servem de parâmetro para analisar o momento da Canarinha.

Não é preciso ir muito longe para comprovar a teoria dos adversários fracos. Analisando esses 2 últimos adversários, por exemplo, Gana ocupa apenas o 60º lugar no ranking da Fifa. Enquanto isso, a Tunísia é apenas a 31ª no mesmo ranking.

Mas afinal, por que a Seleção disputa amistosos contra equipes bem mais fracas? Ex-dirigente da CBF, Edu Gaspar declarou, em 2019, que as grandes equipes da Europa não queriam jogar partidas amistosas contra o Brasil.

Segundo declarou na época, existem dois fatores que contribuem para essa resistência. O primeiro é o calendário apertado. Durante boa parte do período pré-Copa, ou seja, 4 anos entre um Mundial e outro, as equipes estão em preparação para a Eurocopa. E nesse sentido, uma equipe sul-americana não seria um bom teste.

Além disso, Edu Gaspar alegou que potências europeias tinham receio de enfrentar o Brasil em amistoso e perder o jogo. Segundo o ex-dirigente, isso poderia fazer esses times perderem “moral”. Sem poder enfrentar os grandes da Europa, restam times da África ou da África, ou ainda times de menor expressão na Europa.

Tite aprova amistosos da Seleção para fechar o time

Nem todo mundo critica o nível dos amistosos da Seleção Brasileira. Uma pessoa que aprova a realização dos duelos é simplesmente o técnico Tite. Pelo menos foi o que ele falou antes do jogo contra Gana.

Alex Sandro e Richarlison aproveitam chance e Brasil vence Coreia do Sul com autoridade em Seul

Tite disse que via os amistosos contra Gana e Tunísia como uma chance de “fechar” o elenco. Ou seja, ele deu a entender que pode ter dúvidas para montar a lista definitiva da convocação. E esses amistosos serviriam para tirar as dúvidas.

Mais do que isso, Tite espera analisar como anda o nível técnico do time. “Será uma questão de confirmar que o Brasil está no seu melhor nível”, disse.

Amistosos da Seleção movimentam muito dinheiro

A possibilidade de treinar a Seleção para a Copa do Mundo não é a única motivação dos amistosos internacionais. Há contratos comerciais por trás das partidas. Também por esse motivo, é importante preservar os amistosos. Mesmo que eles sejam contra equipes inferiores.

A Seleção Brasileira recebe U$S 1,5 milhão por cada partida disputada. Esse valor (algo em torno de R$ 7,7 milhões) é cobrado à Pitch, empresa inglesa que comanda os jogos da Seleção desde 2012.

A relação da CBF com a Pitch não é boa. São muitas as reclamações da Confederação Brasileira de Futebol. Vão desde partidas amistosas disputadas fora do Brasil ou em locais com pouco público até ao cancelamento de jogos de última hora.

Brasil goleia Tunísia e encerra preparação para a Copa do Mundo

O contrato da Pitch com a CBF para ficar responsável pelos jogos da Seleção Brasileira termina no fim deste ano. E para renovar esse contrato, a CBF já bateu o martelo e deixou claro que vai querer renegociar o valor da parceria comercial.

Renegociar a parceria significa aumentar o valor recebido pela CBF por cada partida amistosa. Neste caso, a CBF poderia fechar os olhos para todas as insatisfações e tentar uma renovação que garantisse mais dinheiro à entidade. Não por acaso, jogos amistosos contra seleções de baixa qualidade técnica continuarão existindo.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....