O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Barcelona

Atacante do Barcelona, Alexia Putellas ganha a Bola de Ouro do futebol feminino de 2021

Alexia Putellas, do Barcelona, ganhou a Bola de Ouro Feminina
Foto: France Football/Divulgação

A Bola de Ouro da France Football, premiando a melhor jogadora da temporada 2020/2021, foi para a atacante do Barcelona Alexia Putellas. A atleta espanhola de 27 anos ganhou o prêmio pela primeira vez e já tinha levado, em agosto deste ano, a premiação de melhor jogadora da Europa, dado pela Uefa. Desta forma, tendo o prêmio em mãos, a avançada agradeceu o apoio das companheiras de time, que a ajudaram a conquistá-lo.

“Estou emocionada, que momento especial para mim. É muito especial ter aqui na plateia minhas colegas, vivemos tantas coisas juntas, e passar agora por esse momento me deixa muitíssimo feliz. Gostaria de começar agradecendo a todas as minhas colegas, com quem joguei ao longo da carreira e aquelas com quem jogo hoje. É um prêmio individual, mas eu divido com vocês”, disse a jogadora.

Bastante emocionada, Alexia também fez uma dedicatória ao seu pai, Jaume Putellas, que foi um grande incentivador da carreira da filha, e que faleceu em 2012. “Gostaria de dedicar este troféu a uma pessoa que foi e sempre será muito especial para mim, pela qual faço tudo. Espero que você esteja muito orgulhoso da sua filha, meu pai, onde você estiver”, acrescentou a catalã.

Alexia concorria, inclusive, com duas companheiras de Barcelona: a espanhola Jeniffer Hermoso, que ficou com o segundo lugar, e a holandesa Lieke Martens, que foi eleita a quarta melhor do mundo. Assim, para fechar o pódio, a terceira colocação ficou a australiana Sam Kerr, do Chelsea, e em quinto a holandesa Vivianne Miedema, do Arsenal.

A France Football, tradicionalíssima com o prêmio para o melhor jogador do mundo, criou a categoria feminina no Ballon d’Or apenas em 2018. Naquele ano, a vencedora foi a norueguesa Ada Hegerberg, do Lyon-FRA, e em 2019 o troféu foi entregue à Megan Rapinoe, estadunidense do Reign FC-EUA. Mas em 2020, por conta dos altos números de casos e mortes causados pela pandemia da covid-19, não houve premiação da Bola de Ouro.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Barcelona

Novo vínculo do maior jogador de todos os tempos com a T1 foi inspirado no retornou do astro a NBA em 1995