O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bahia

Bahia sai atrás, mas conquista virada e despacha Tombense na Fonte Nova

Na Fonte Nova, Bahia Vence Tombense De Virada Pela Série B
Divulgação/Bahia

Tricolor venceu com gols de Mugni, Jacaré e Topete

Segue vice-líder. O Bahia até saiu atrás do placar, mas se impôs dentro da Fonte Nova e conquistou um resultado importante na busca pelo acesso na Série B do Brasileiro. De virada, o Tricolor venceu o Tombense por 3 a 1, e se consolidou na vice-liderança.

Everton Galdino abriu o placar para o Carcará ainda na primeira tempo. Na segunda, Mugni, de pênalti, Jacaré e Copete decretaram o triunfo baiano.

Como fica?

O resultado leva o Bahia aos 50 pontos na competição nacional, onde o time permanece na vice-liderança. O Tricolor encurta o caminho em busca do acesso. O Tombense, contudo, cai para a oitava colocação e perde a chance de se aproximar do G-4 após a derrota para o Vasco.

Bahia x Tombense

Um primeiro tempo soberano do Bahia. Desde o primeiro minuto, de dentro da área, de fora, pela esquerda, direita: só deu o time da casa. Com Ricardo Goulart, que escorou cruzamento, acertou o travessão. Daniel, na sobra, parou no goleiro Felipe Garcia. Mas a blitz baiana foi interrompida pela eficácia do Tombense.

Aos 27, com mais uma pintura de Everton Galdino na Série B, a equipe mineira jogou um balde d’água fria na pressão do Tricolor. Do meio de campo, o atacante arrematou de primeira um cruzamento milimétrico de Rodrigo para vencer Mateus Claus. O revés, no entanto, não ‘acalmou’ a Fonte Nova, que recebeu mais uma vez um grande público.

Empurrado por sua torcida, o Bahia, enfim, fez valer o volume de jogo. E não precisou de muito tempo. Logo aos quatro, após desvio de cabeça, a bola pegou no braço de Ednei. Edina Alves foi chamada pelo VAR, fez a revisão do lance e deu pênalti. Lucas Mugni cobrou firme para empatar.

O clima no estádio, então, se tornou propício para a virada tricolor, que aconteceu em menos de cinco minutos depois. Com o próprio Mugni, que levantou a bola no segundo pau. Atento, Jacaré completou para fazer o segundo.

No prejuízo, o time de Tombos saiu para o jogo e acabou dando espaço. O caminho exato que o Bahia precisou para dominar, arriscar e conseguir resolver o jogo. Aos 39, depois de uma boa jogada de Daniel, a bola chegou em Copete, que se esticou para assinar o terceiro e dar números finais ao marcador.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história