O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Libertadores

Com 15 taças nos últimos 30 anos, Brasil reduz diferença em número de títulos da Libertadores para a Argentina

Com 15 taças nos últimos 30 anos, Brasil reduz diferença em número de títulos da Libertadores para a Argentina - Jogo Hoje

Com quatro títulos nos últimos cinco anos, o Brasil vive um momento de grande domínio na Libertadores. A prova deste momento da hegemonia do país no continente é que os finalistas das duas maiores competições interclubes sul-americanas foram brasileiros, com Palmeiras e Athletico Paranaense vencendo Libertadores e Copa Sul-americana, respectivamente. 

Porém, se o escopo for ampliado, o domínio brasileiro fica ainda mais evidente, pois nos últimos 30 anos, a taça continental desembarcou no Brasil em 15 oportunidades, com direito a tricampeonatos de São Paulo (1992, 1993 e 2005) e do Palmeiras (1999, 2020, 2021). Fecham a lista Grêmio e Internacional, com dois títulos cada, Cruzeiro, Vasco, Santos, Corinthians e Atlético-MG, todos conquistando o campeonato uma vez no período. 

Um fato curioso é que apenas os brasileiros conseguiram repetir uma sequência de três títulos consecutivos no período, algo que aconteceu três vezes nos últimos 30 anos. Entre 1997 e 1999, Cruzeiro, Vasco e Palmeiras dominaram a América. Catorze anos depois, o fato se repetiu com a sequência de títulos de Santos, Corinthians e Atlético-MG. Por fim, desde 2019, o Brasil segue sendo o país do vencedor do torneio com a vitória do Flamengo e o atual bicampeonato palmeirense. Como coincidência, nas duas primeiras vezes que a sequência aconteceu, ela ficou alocada entre títulos argentinos.

Apesar de ter o maior número de títulos no recorte, o Brasil não tem o time mais vencedor do torneio nos últimos 30 anos. Boca Juniors e River Plate, com quatro taças cada, são os maiores campeões, somando oito dos 11 títulos portenhos no período. Além deles, venceram o torneio Vélez Sarsfield em 1992, Estudiantes, em 2009, e San Lorenzo, em 2014. 

Além dos brasileiros e argentinos, outros quatro clubes venceram a Libertadores, sendo dois colombianos (Once Caldas e Atlético Nacional), um paraguaio (Olimpia) e uma equipe equatoriana (LDU). 

Diminuindo a diferença

O bom desempenho brasileiro no torneio nas últimas décadas permitiu que o país se tornasse protagonista na história da Libertadores. Se entre os anos 1960 e 1980, argentinos e uruguaios brigavam pelas cabeças, o Brasil tomou a segunda posição e segue encurtando a diferença para o primeiro lugar. Até 1992, os portenhos tinham 14 taças e eram acompanhados por uruguaios com oito e brasileiros com seis. 

Atualmente, o panorama é diferente. Os hermanos seguem à frente com 25, mas com o Brasil encostando, pois conquistou sua 21ª taça com o Palmeiras, em 2021. O terceiro lugar ainda é do Uruguai, que não conquista a América desde 1988.

Últimos 30 campeões da Libertadores

1992 – São Paulo

1993 – São Paulo

1994 – Velez Sarsfield (ARG)

1995 – Grêmio

1996 – River Plate (ARG)

1997 – Cruzeiro

1998 – Vasco

1999 – Palmeiras

2000 – Boca Juniors (ARG)

2001 – Boca Juniors (ARG)

2002 – Olimpia (PAR)

2003 – Boca Juniors (ARG)

2004 – Once Caldas

2005 – São Paulo

2006 – Internacional

2007 – Boca Juniors (ARG)

2008 – LDU

2009 – Estudiantes (ARG)

2011 – Santos

2012 – Corinthians 

2013 – Atlético-MG

2014 – San Lorenzo (ARG)

2015 – River Plate (ARG)

2016 – Atlético Nacional (Colômbia)

2017 – Grêmio

2018 – River Plate (ARG)

2019 – Flamengo

2020 – Palmeiras

2021 – Palmeiras

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Barcelona

Novo vínculo do maior jogador de todos os tempos com a T1 foi inspirado no retornou do astro a NBA em 1995