O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bombando

Seleção Feminina de Vôlei: Carol exalta força do grupo no Mundial

Seleção Feminina de Vôlei: Carol exalta força do grupo no Mundial
Foto: Divulgação/CBV

Brasil fez grande competição e, mesmo perdendo a final, desempenho geral orgulha atletas

Depois de uma grande atuação no Mundial, a Seleção Feminina de Vôlei acabou derrotada na final para a Sérvia. Resultado duro depois de grande atuação e vitórias memoráveis contra Japão e Itália no mata-mata.

Porém, apesar desse resultado, a Seleção Feminina de Vôlei mantém o orgulho pela atuação. Num processo de reformulação, com várias atletas jovens, o Brasil consegue manter alto nível no voleibol mundial.

Dessa forma, a central Carol, maior bloqueadora do Mundial e um dos pilares da seleção, relatou a sensação após a prata. Assim, falou da confiança na equipe e o grande potencial que elas têm.

“Esse grupo é resiliente, a gente acredita mesmo até o final. O brasileiro não desiste nunca e isso está no sangue da seleção. É o que a comissão técnica passa pra gente, do quanto a gente é capaz tecnicamente”, disse Carol.

“Acho que é por isso que o Brasil chega e faz as finais, porque a gente tem técnica. Não somos as mais altas, as mais fortes, não temos uma jogadora como a Boskovic, que vai fazer total diferença. É sempre nosso grupo”, ressaltou.

Busca da Seleção Feminina de Vôlei por títulos

Além disso, Carol valorizou o trabalho de reformulação que tem sido feito. De acordo com ela, esse desenvolvimento cria uma “casca” para as atletas buscarem ainda mais o topo do voleibol de seleções.

“Se a gente quer construir algo maior, o foco tem que continuar no grupo, no nosso desenvolvimento mental, tático e estar mais bem preparado para as próximas batalhas, que serão desafiadoras”, encerrou Carol.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Mercado

Atacante de 33 anos estava no futebol chinês O atacante Henrique Dourado tem um novo clube para a sequência da sua carreira. Nesta terça-feira, o...

Flamengo

Treinador argentino evita falar em reforços e garante foco em recuperar time na La Liga e Champions League O técnico Jorge Sampaoli tem o...

Mercado

Peruano terá 1ª experiência no país O dia está agitado para o Racing Club. Depois de garantir o título da 1ª edição da Supercopa da...

Futebol

Último clube do treinador foi o Atlético-GO, em 2020 Após três anos longe da área técnica, o treinador Cristóvão Borges está de volta ao futebol....