O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Bombando

Pesquisa aponta que 75% dos jogadores profissionais preferem a Copa do Mundo a cada quatro anos

Pesquisa aponta que 75% dos jogadores profissionais preferem a Copa do Mundo a cada quatro anos - Jogo Hoje

Uma pesquisa realizada pelo sindicato mundial de jogadores profissionais (FIFPro) divulgou nesta terça-feira o resultado de uma entrevista com atletas sobre o formato da Copa do Mundo a cada quatro anos. E os números foram bem expressivos: 75% deles prefeririam a competição nos moldes disputados atualmente. Mais de 1000 atletas foram ouvidos.

O projeto foi encabeçado pela FIFPro e os sindicatos nacionais de jogadores de seis continentes e 70 países diferentes, durante o mês de novembro.

Cerca de 81% dos jogadores de futebol profissionais consultados puseram a Copa do Mundo no atual formato e os campeonatos nacionais como suas competições favoritas. Veja, abaixo, alguns dos resultados.

77% dos jogadores da Europa e da Ásia preferem a Copa do Mundo a cada quatro anos.
63% dos jogadores das Américas são a favor do Mundial a cada quatro anos.
49% dos jogadores da África preferem a Copa a cada quatro anos, e o restante fica dividido entre dois ou três anos de ciclo.
21% dos jogadores acreditam que sua voz é respeitada e que o seu bem-estar é considerado na governança do futebol internacional.

“A pesquisa mostra que a maioria dos jogadores ao redor do mundo tem clara preferência pela Copa do Mundo a cada quatro anos. Ao mesmo tempo, os resultados comprovam a importância das ligas domésticas para eles. Elas são as pedras fundamentais do jogo, e temos que fazer mais para fortalecê-las, para o bem dos jogadores e a estabilidade do futebol profissional”, diss o secretário-geral da FIFPro, Jonas Baer-Hoffmann.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Barcelona

Novo vínculo do maior jogador de todos os tempos com a T1 foi inspirado no retornou do astro a NBA em 1995