Bombando

Jogos Olímpicos: A um ano de Paris 2024, projeção indica recorde de medalhas para o Brasil

Gracenote espera Brasil na 12ª posição do quadro de medalhas Os Jogos Olímpicos de Paris 2024 começam em exatamente um […]

Arte com Alison dos Santos, atleta campeão da Diamond League em 2022

Foto: Divulgação/World Athletics

Gracenote espera Brasil na 12ª posição do quadro de medalhas

Os Jogos Olímpicos de Paris 2024 começam em exatamente um ano. A partir de 26 de julho do próximo ano, milhares de atletas começam a luta por medalhas na capital francesa. E a expectativa é de recorde de pódios para o Brasil, segundo a tradicional projeção da Gracenote.

Recordes em Paris 2024?

Segundo a previsão, o Brasil caminha para uma campanha de 26 medalhas em Paris 2024, o que seria um recorde histórico para o país, superando a edição passada, Tóquio 2021, quando a bandeira de país foi hasteada nas cerimônias de pódio em 21 oportunidades.

Essas medalhas seriam distribuídas em sete ouros (igualando 2021), quatro pratas e 15 bronzes, garantindo o 12º lugar no quadro de medalhas, também igualando a campanha no Japão, onde o Brasil levou duas pratas a mais e sete bronzes a menos.

A liderança da tabela na projeção pertence aos Estados Unidos, com 43 ouros e 128 medalhas, seguidos por China e França. Para o sonho do top-10, o Brasil precisaria superar os nove ouros e 24 medalhas previstos para o Canadá. Essas projeções não contam com Rússia e Bielorrússia, já que os países estão suspensos de uma série de modalidades por causa da guerra na Ucrânia.

Arte dos Jogos Olímpicos, com a estilização do Hôtel des Invalides para Paris 2024
Divulgação/Jogos Olímpicos

Paris 2024

Os Jogos Olímpicos de Paris 2024 começam em 26 de julho, daqui a exatos 366 dias. Para o Brasil, as expectativas são de ter uma delegação de cerca de 300 atletas, com 42 vagas já confirmadas, entre algumas classificações nominais e outras que serão do país, mas ainda não tem nome definido.

Esse número vai acelerar nos próximos meses, com uma série de seletivas e torneios pré-olímpicos que devem multiplicar o número de brasileiros na briga pelas medalhas. As boas expectativas brasileiras são impulsionadas pelos grandes resultados que o país vem conseguindo em campeonatos mundiais neste ciclo.

Arte dos Jogos Olímpicos, com a estilização da Praça do Trocadéro para a cerimônia de abertura de Paris 2024
Divulgação/Jogos Olímpicos

Mais notícias e informações quentinhas sobre futebol e outros esportes você vê no Jogo Hoje

COMPARTILHE

Bombando em Bombando

1

Bombando

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

2

Bombando

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

3

Bombando

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’

4

Bombando

Liga das Nações de Vôlei terá 18 seleções a partir de 2025

5

Bombando

Atleta paralímpico paraibano entra para Livro dos Recordes com marca nos 100m rasos