Bombando

Manifestante invade gramado com bandeira LGBT no Catar

Copa do Mundo vem sendo marcada por protestos Mais uma manifestação pelos direitos humanos tomou espaço no Copa do Mundo. […]

Manifestante com bandeira LGBTQIA+ na Copa do Catar

Reprodução/SporTV

Copa do Mundo vem sendo marcada por protestos

Mais uma manifestação pelos direitos humanos tomou espaço no Copa do Mundo. Nesta segunda-feira, um manifestante invadiu o gramado de Portugal x Uruguai com uma bandeira arco-íris, símbolo dos movimentos de luta pelos direitos da população LGBTQIA+.

O protesto aconteceu no estádio Lusail, o maior construído para a disputa do Mundial. E, por parte da torcida, houve um misto de vaias e aplausos.

Protesto

A invasão aconteceu ainda no início do 2º tempo. Pouco depois dos cinco minutos, o torcedor entrou no campo portando a bandeira e com uma camisa que trazia os dizeres “salve a Ucrânia” na frente e “respeito às mulheres iranianas” nas costas.

As pautas dos direitos sociais vêm sendo assunto constante na Copa do Mundo. Isso já acontece desde antes mesmo do início dos jogos, uma vez que há muitas questões em voga sobre direitos humanos no Catar.

O país árabe, por exemplo, pune a homossexualidade com prisão. Além disso, as obras para a realização do Mundial sofreram com mortes de operários e acusações de exploração sobre trabalhadores imigrantes. Assim, esta edição do Mundial acontece com marcas de protestos e repressão às manifestações.

O manifestante

Durante a invasão, a transmissão da Fifa não exibiu as imagens do manifestante e focou no árbitro. Isso segue o protocolo das transmissões da Confederação, que não exibem invasões de campo em geral. Depois, o torcedor foi detido por dois seguranças e retirado do estádio.

Bandeira LGBTQIA+ na Copa do Catar
Reprodução/SporTV
COMPARTILHE

Bombando em Bombando

1

Bombando

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

2

Bombando

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

3

Bombando

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’

4

Bombando

Liga das Nações de Vôlei terá 18 seleções a partir de 2025

5

Bombando

Atleta paralímpico paraibano entra para Livro dos Recordes com marca nos 100m rasos