Bombando

Vôlei: Campeã olímpica, Fofão assume Seleção Feminina Sub-17

Ex-levantadora será 1ª mulher a comandar Seleção Brasileira de Vôlei A CBV anunciou a nova treinadora da Seleção Sub-17 Feminina […]

Treinadora Fofão, da Seleção Sub-17 Feminina de Vôlei

Divulgação/CBV

Ex-levantadora será 1ª mulher a comandar Seleção Brasileira de Vôlei

A CBV anunciou a nova treinadora da Seleção Sub-17 Feminina de Vôlei. O comando técnico da seleção de base estará com a ex-levantadora Fofão. Esta é a primeira vez que uma mulher assume o comando de uma categoria da Seleção Brasileira de Vôlei.

Fofão na Seleção Sub-17

O anúncio da nova treinadora veio na manhã desta sexta-feira (17). A campeã olímpica já trabalhou na CBV após encerrar a carreira nas quadras. Assim, ela foi coordenadora das seleções de base do Brasil. Ela também possuírem formação de treinadora pela Confederação.

Nesta nova experiência, Fofão terá um desafio já nesta temporada. Ela estará à frente da seleção no Sul-Americano da categoria, em busca de uma vaga no Mundial, que acontece ainda neste ano. A Seleção Sub-17 é uma novidade, após a retomada das disputas internacionais entre atletas dessa faixa etária, como explica diretor técnico da CBV, Jorge Bichara.

 “A categoria sub-17 foi recriada pela Federação Internacional, e teremos dois treinadores de muita capacidade no comando dessa categoria tão importante para o desenvolvimento de uma nova geração. Fofão é uma referência no esporte e como primeira mulher à frente de uma seleção brasileira, será inspiração além das quadras, como a Karina e a Mirtes, que já trabalham em outras seleções de base. Temos muitas profissionais talentosas e esse é um caminho sem volta”.

As mulheres citadas por Bichara são Karina de Souza a auxiliar da seleção feminina sub-20, e Mirtes Benko, da sub-18 feminina. Em 2022, elas se tornaram as primeiras mulheres a assumir cargos na comissão técnica da Seleção Brasileira.

A base da Seleção Brasileira

Mas, muito além de inspirar ou renovar, a missão de Fofão nas categorias de base da CBV será a de auxiliar na formação de novas atletas e gerações que possam manter os grandes resultados do país no voleibol. A nova treinador da Seleção Sub-17 comentou sobre essa oportunidade.

 “Tive identificação imediata com o desafio apresentado pela CBV. Estou no momento certo da minha carreira para aceitar esse cargo. Essa categoria é a porta de entrada para o universo das seleções brasileiras, e posso ajudar no desenvolvimento e na formação das novas gerações. É importante termos cada vez mais mulheres nas comissões técnicas”.

Treinador da Seleção Brasileira Adulta, José Roberto Guimarães, que foi comandante de Fofão quando ela ainda jogava, também comentou sobre a chegada da nova treinadora da Seleção Sub-17. Para ele, o trabalho das equipes de base e adulta precisam estar conectados.

“Estamos totalmente integrados. Fico muito feliz com a escolha da Fofão para comandar a equipe feminina sub-17. É uma profissional preparada, além de ter sido uma das jogadoras mais técnicas e inteligentes com quem tive a oportunidade de trabalhar. Ela é uma referência e vai ajudar na formação de novos talentos. Que seu pioneirismo no cargo sirva de exemplo, que surjam cada vez mais treinadoras no voleibol”.

Além de Fofão, a CBV também anunciou o novo comandante da Seleção Sub-17 Masculina, o gaúcho Marcelo Zenni: “Represento o Brasil há 10 anos como assistente técnico e analista de desempenho das seleções de base. Estou feliz com essa oportunidade. Já começamos um trabalho de mapeamento de atletas, clubes e técnicos formadores. Estou muito motivado com essa oportunidade”.

A carreira de Fofão

Aos 52 anos, Fofão é dona de uma carreia única no voleibol. A jogadora somou 340 jogos pela Seleção Brasileira e ganhou três medalhas em cinco participações olímpicas: ouro em Pequim-2008, e bronze em Atlanta-1996 e Sydney-2000.

Fofão, treinadora da Seleção Sub-17 Feminina de Vôlei
Seleção Sub-17 será primeiro trabalho de Fofão como treinadora – Divulgação/CBV
COMPARTILHE

Bombando em Bombando

1

Bombando

Tênis: João Fonseca vence chileno, avança às quartas e faz história no Rio Open

2

Bombando

F1: equipes iniciam pré-temporada com testes no Bahrein

3

Bombando

NBA: LeBron James revela que aposentadoria “está chegando”

4

Bombando

F1 e FIA se posicionam sobre caso Horner, chefe da RBR investigado por ‘conduta imprópria’

5

Bombando

Liga das Nações de Vôlei terá 18 seleções a partir de 2025