O que você está procurando?

  • América-MG
  • Athletico-PR
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Avaí
  • Botafogo
  • Ceará
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Cuiabá
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Goiás
  • Internacional
  • Juventude
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • Santos
  • São Paulo
  • Bahia
  • Brusque
  • Chapecoense
  • CRB
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • CSA
  • Grêmio
  • Guarani
  • Ituano
  • Londrina
  • Náutico
  • Novorizontino
  • Operário Ferroviário
  • Ponte Preta
  • Sampaio Corrêa
  • Sport
  • Tombense
  • Vasco
  • Vila Nova

Basquete

Jogadores de basquete famosos: Veja os 11 mais inesquecíveis

Shaquille O'Neal em quadra defendendo a camisa dos Lakers. O Jogador está sorrindo e bastante suado pelo jogo
Fonte: Brazil.epicbuzzer

Atletas de alto rendimento costumam ser celebridades também. No basquete, os atletas mais famosos passaram pela NBA 

Quem são os jogadores de basquete mais famosos? Os fãs de basquete estão sempre de olho nos principais jogos da modalidade. Por ser a maior liga do mundo neste esporte, a NBA reúne o que há de melhor sobre a bola laranja. 

Além de a NBA ser uma marca e competição gigante, os Estados Unidos têm o basquete como uma das paixões nacionais, ao lado do Futebol Americano. Não é à toa que todas as atenções se voltem para os estadunidenses quando o assunto é basquete. 

Para listar os jogadores de basquete mais inesquecíveis, o Jogo Hoje listou os nomes que mais chamaram e ainda chamam atenção. Não por coincidência, todos atuaram ou atuam na NBA. 

Veja a lista de jogadores basquete famosos

11º – Stephen Curry

  • Posição: armador
  • Equipes: Golden State Warriors (2009-atual)
  • Títulos: 3x (15, 17 e 18)
  • MVP: 2x (15 e 16)
  • All-Star: 6x (14-19)

Stephen Curry é um dos únicos jogadores de basquete famosos que ainda está em atividade. O armador tem 34 anos e atua pelo Golden State Warriors desde 2009. A equipe de São Francisco, na Califórnia, é, inclusive, a única da carreira profissional de Curry. 

Com a camisa dos Warriors o Baby-Faced Assassin pavimentou a meio parte do seu caminho até o hall dos maiores do basquete. 

Curry é uma máquina de pontuar. Com arremessos da linha de três pontos, ele quebrou recordes e se tornou um dos maiores arremessadores de todos os tempos. 

Stephen Curry faturou 3 títulos da NBA. Além da qualidade técnica e talento absurdos, Curry também é um dos líderes da equipe. Sob o comando do técnico Steve Kerr, junto o time conquistou o título da maior liga de basquete do mundo em 2015, 2017 e 2018. 

Para completar, Stephen foi eleito MVP da temporada regular em 2015 e 2016. 

Stephen Curry flagrado sorrindo em um jogo

Fonte: NBA.Com

10°- Oscar Robertson 

  • Posição: armador
  • Equipes: Cincinnati Royals – atualmente Sacramento Kings (60-70) e Milwaukee Bucks (70-74)
  • Títulos: 1x (71)
  • MVP: 1x (64)
  • All-Star: 12x (61-72)

Oscar Robertson já não está mais em atividade, mas tem o nome cravado na história do basquete. Nascido em Charlotte, Tennessee, o ex-armador tem 83 anos. Pouco conhecido pela atualidade mas, certamente um dos jogadores de basquete mais famosos e inesquecíveis das quadras.

Quando jogava, o armador era conhecido por Big O. Durante sua carreira, Robertson defendeu o Cincinnati Royals – hoje Sacramento Kings – e o Milwaukee Bucks, franquias da Califórnia e do Wisconsin, respectivamente. 

Oscar Robertson disputou 14 temporadas da NBA e é o atleta com mais triplo-duplos da história da liga: 181. 

Enquanto jogou, alcançou números e recordes expressivos. Não apenas um dos melhores, Robertson é considerado um dos jogadores mais versáteis da história da NBA. 

O Big O esteve entre os All-Star por 9 vezes. E não é só isso. Ele também foi escolhido como Most Valuable Player (MVP) na temporada de 1964. 

Jogando o All-Star Game, foi escolhido em 3 oportunidades como o MVP da partida: em 1961, 1964 e 1969. 

Talento e relevância indiscutíveis para o basquete. Se tratando de uma figura histórica, as equipes por onde Oscar Robertson passou aposentaram as camisas usadas por ele. 

A número 14 foi aposentada pelo Sacramento Kings, a número 1 pelo Milwaukee Bucks e as 12 foi aposentada pela Universidade de Cincinnati.

oscar Robertson com a camisa dos Bucks jogando

fonte: nba.com

9°- Shaquille O’Neal 

  • Posição: pivô
  • Equipes: Orlando Magic (92-96), Los Angeles Lakers (96-04), Miami Heat (04-08), Phoenix Suns (08-09), Cleveland Cavaliers (09-10) e Boston Celtics (10-11)
  • Títulos: 4x (00, 01, 02 e 06)
  • MVP: 1x (00)
  • All-Star: 15x (93-98, 00-07 e 09)

Shaquille Rashaun O’Neal. Hoje com 50 anos e aposentado, o ex-pivô marcou a memória de muitos fãs de basquete. 

Um gigante de 2,16m e 147kg, Shaq defendeu 6 franquias diferentes na NBA em 19 anos de carreira. Ele vestiu as camisas do Orlando Magic, Los Angeles Lakers, Miami Heat, Phoenix Suns, Cleveland Cavaliers e Boston Celtics. 

Dono de um porte físico ideal para um pivô, o Big Daddy também era extremamente dominante nos rebotes, tocos e jogadas defensivas. 

O ex-jogador é classificado como um dos maiores da história da principal liga de basquete do mundo. 

Por essas equipes onde passou, participou das conquistas de 4 títulos e muitos prêmios individuais. O principal deles foi no ano 2000, quando Shaq foi eleito o melhor jogador da temporada. 

Shaquille O’Neal fora das quadras

Durante sua carreira profissional, Shaq era o queridinho da imprensa, o entrevistado favorito. Porém, também tinha uma personalidade “sensível” e por vezes passava semanas sem falar. 

Shaq também já foi uma das celebridades escolhidas para apresentar um dos episódios do Saturday Night Live, um famoso programa de humor dos Estados Unidos. 

Ainda na TV, em 2007, apresentou o Shaq’s Big Challenge, um reality show da ABC onde desafiava crianças da Flórida a perder peso e se manterem em forma. 

A trajetória paralela de Shaquille O’Neal é repleta de outros fatos curiosos, como quando ele se tornou oficial de polícia e também rapper, ator e lutador de MMA, além de empresário. 

Shaquille O'Neal em quadra defendendo a camisa dos Lakers. O Jogador está sorrindo e bastante suado pelo jogo

Fonte: Brazil.epicbuzzer

8°- Bill Russell 

  • Posição: pivô
  • Equipe: Boston Celtics (56-69)
  • Títulos: 11x (57, 59, 60, 61, 62, 63, 64, 65, 66, 68 e 69)
  • MVP: 5x (58, 61, 62, 63 e 65)
  • All-Star: 12x (58-69)

Bill Russell é mais um dos veteranos desta lista de jogadores de basquete famosos. Atualmente com 88 anos e aposentado, ele fez história como jogador e técnico. 

Russell era pivô e, como atleta profissional, defendeu o Boston Celtics entre 1956 e 1969, atuando em 963 partidas e marcando 14.562 pontos. 

Sobre suas qualidades técnicas, o pivô era conhecido por ser um exímio defensor. 

Em 5 oportunidades foi eleito o MVP da NBA e convocado 12 vezes para o All-Star Game da liga. 

Além dos títulos individuais já citados, Bill Russell integrou a “dinastia do Celtics”. Em 13 anos de carreira, ele conquistou 11 títulos da NBA com a equipe de Boston. 

A reunião de todas essas conquistas de Bill Russell fazem dele o atleta com mais títulos na história dos esportes americanos.

Bill Russel sentado em uma imagem onde ele está repleto de troféus em segundo plano

7°- Kareem Abdul-Jabbar 

  • Posição: pivô
  • Equipes: Mikwaukee Bucks (69-75) e Los Angeles Lakers (75-89)
  • Títulos: 6x (71, 80, 82, 85, 87 e 88)
  • MVP: 6x (71, 72, 74, 76, 77 e 80)
  • All-Star: 19x (70-77 e 79-89)

Nascido em 1947, em Nova Iorque, e batizado como Ferdinand Lewis Alcindo Jr. Depois de se converter ao Islamismo, aos 24 anos, ele adotou o nomo muçulmano e tornou-se Kareem Abdul-Jabbar. 

O ex-pivô atuou na NBA por quase 20 anos e atualmente está aposentado. Kareem fez sua estreia na maior competição de basquete do mundo na temporada de 1969-1970, pelo Milwaukee Bucks. 

A equipe do Wisconsin, inclusive, foi a casa de Kareem até 1975, por 467 jogos e 14.211 pontos. Depois disso, ele passou a vestir a camisa do Los Angeles Lakers. 

Com os Lakers, Abdul-Jabbar fez números ainda maiores. Ele permaneceu na franquia até 1989, quando se aposentou. Fez 1.093 jogos e marcou 24.176 pontos. 

São os números impressionantes que fazem de Kareem Abdul-Jabbar estatisticamente o maior jogador de todos os tempos. 

Sua prateleira de títulos tem 6 conquistas da NBA, 6 MVPs de temporada regular, sendo o maior vencedor do prêmio. Por fim, é dele também o título de maior pontuador da história da liga com 38.387 pontos marcados. 

Kareem não parou por aí. Ele se tornou também o atleta com mais tempo em quadra: foram 57.446 minutos. Também é o jogador mais vezes eleito All-Star, com 19 conquistas e maior cestinha do Milwaukee Bucks, com 14.211 pontos marcados. 

Kareen em uma jogada onde ele consegue salvar a bola de entrar na cesta dos Lakers

6°- Wilt Chamberlain

  • Posição: pivô
  • Equipes: Philadelphia/San Francisco Warriors (59-65), Philadelphia 76ers (65-68) e Los Angeles Lakers (68-73)
  • Títulos: 2x (67 e 72)
  • MVP: 4x (60, 66, 67 e 68)
  • All-Star: 13x (60-69 e 71-73)

Um grande pontuador. É assim que Wilt Chamberlain podia ser definido durante sua carreira como jogador de basquete. 

Ele nasceu em 21 de agosto de 1963, na Pensilvânia, e morreu em 12 de outubro de 1999, aos 63 anos, na Califórnia. Sua carreira de atleta durou 15 anos. 

Conhecido como Wilt the Stilt, atuava na posição de pivô e tinha 2,16m de altura. 

Durante seus 15 anos de carreira, Wilt Chamberlain atuou pelo Harlem Globetrotters, Philadelphia/San Francisco Warriors, Philadelphia 76ers e Los Angeles Lakers.

Falando dos números de Wilt, há muito o que destacar. Ele foi o único jogador a marcar mais de 100 pontos em um jogo e o único a apresentar média de mais de 40 ou 50 pontos por jogo em uma temporada. 

É de Wilt Chamberlain também a marca de mais rebotes na história da NBA: foram 23.924. Destes, 2.149 em uma temporada regular e 71 em um único jogo de play-offs. 

Wilt em imagem preta e branca segurando uma placa onde comemorava a sua centésima cesta

5°- Larry Bird 

  • Posição: ala-pivô
  • Equipe: Boston Celtics (79-92)
  • Títulos: 3x (81, 84 e 86)
  • MVP: 3x (84, 85 e 86)
  • All-Star: 12x (80-88 e 90-92) 

O dono de um arremesso de 3 pontos praticamente perfeito. É assim que podemos definir Larry Bird, sem exageros. 

Afinal de contas, Larry chegava a treinar seus arremessos da linha de 3 com os olhos fechados. 

Hoje com 65 anos e já aposentado, Larry Bird atuou como jogador de basquete por 13 anos, entre 1979 e 1992. Ele era ala-pivô. 

Depois que se aposentou, Larry tornou-se treinador, mas exerceu a função por apenas 3 anos e passou a atuar como executivo da NBA. Em todas essas funções do basquete, se destacou. 

Como jogador de basquete, Larry Bird defendeu apenas o Boston Celtics profissionalmente, além da Universidade de Indiana State. Pela equipe de Boston, esteve em quadra em 897 jogos, marcando 21.791 pontos. 

Além do arremesso de 3 pontos que quase nunca falhava, Larry também fazia excelentes passes. Outra habilidade notável era a de desarmar seus adversários. 

Assim, Bird conquistou 3 títulos da NBA, foi MVP também em 3 oportunidades e 12 vezes um All-Star. 

Larry Bird fora das quadras

De dentro da quadra para o gabinete. Quando encerrou sua carreira em 1992, Larry se tornou diretor assistente do Boston Celtics. Ele permaneceu na função até 1997. 

Em seguida, treinou o Indiana Pacers, até o ano 2000. Nessa ocasião, trocou a quadra pela função executiva outra vez. Entre 2003 e 2012 e depois entre 2013 e 2012 atuou como diretor dos Pacers. 

Larry Bird parado em quadra ao lado de um jogador adversário

4°- Magic Johnson 

  • Posição: armador
  • Equipes: Los Angeles Lakers (79-91 e 95-96)
  • Títulos: 5x (80, 82, 85, 87 e 88)
  • MVP: 3x (87, 89 e 90)
  • All-Star: 12x (80 e 82-92)

Magic Johnson é praticamente unanimidade quando o assunto é jogadores de basquete famosos. 

Earvin Johnson Jr nasceu em 1959, tem 62 anos e está aposentado desde 1996. O apelido fazia jus ao fato de ele ser considerado um mágico desse esporte.

Um armador de 2,06 m, o dono da camisa 32 dos Los Angeles Lakers. O jogador defendeu a franquia entre 1979 e 1991 e depois em 1996. Foram 906 jogos, 17.707 pontos marcados. 

O hiato entre 1991 e 1996 tem uma explicação. Antes do início da temporada de 1991-1992, o então jogador dos Lakers testou positivo para o HIV. Na ocasião, ele decidiu se aposentar do basquete imediatamente. 

Durante aquela temporada, ficou afastado do basquete. Antes do início da temporada de 1992-1993, anunciou que tinha intenção de retornar à NBA. Até participou de jogos da pré-temporada, mas acabou não retornando ao time. 

Quando a temporada de 1993-1994 estava próxima do fim, Earvin assumiu o posto de técnico do Los Angeles Lakers. No entanto, a passagem não foi bem-sucedida, com 5 derrotas em 6 jogos e ele deixou o comando do time. 

No ano seguinte, Magic Johnson, aos 36 anos, retornou como jogador. Disputou os 32 jogos finais da temporada regular. Os Lakers perderam para o Houston Rockets na 1ª rodada dos play-offs e então o atleta se aposentou definitivamente. 

Magic Johnson é tido por muitos como o maior armador da história da NBA. Ele foi eleito melhor jogador da liga por 3 temporadas, além de ter conquistado o título com os Lakers em 5 oportunidades. 

Um nome incontestável entre os maiores do basquete, Magic Johnson é considerado um dos 50 Maiores Jogadores da História da NBA e foi eternizado também no hall da fama do Basketball. 

Magic Johnson em quadra defendendo a camisa dos lakers. Na imagem ele está com a bola nas mãos.

Ativismo dos jogadores de basquete famosos

O diagnóstico positivo de HIV também levou Earvin a criar as Fundações Magic Johnson. A instituição auxilia pessoas no combate ao vírus. 

Com o passar dos anos, o trabalho das Fundações passou a incluir caridade e atuação junto às comunidades mais vulneráveis. 

Em 1999, Magic Johnson foi o orador do Dia Mundial de Combate à Aids das Nações Unidas e atua ainda como Mensageiro da Paz da ONU. 

3°- Lebron James 

  • Posição: ala
  • Equipes: Cleveland Cavaliers (03-10 e 14-18), Miami Heat (10-14) e Los Angeles Lakers (18-atual)
  • Títulos: 4x (12, 13, 16 e 20)
  • MVP: 4x (09, 10, 12 e 13)
  • All-Star: 16x (05-20)
  • Apelido: King James

Lebron James é o 2º e último jogador desta lista de jogadores de basquete famosos que ainda está em atividade. 

Nascido em 1984, em Ohio, o Ala do Los Angeles Lakers tem 37 anos. A carreira já extremamente vitoriosa ainda pode alcançar números ainda maiores. 

O 1º time do King James na NBA foi o Cleveland Cavaliers, onde atuou entre 2003 e 2010, em 548 partidas, com 15.251 pontos marcados. 

Em seguida, atuou pelo Miami Heat, de 2010 a 2014 e retornou para o Cavaliers, onde ficou de 2014 a 2018. Desde então está nos Lakers. 

Durante as passagens por essas franquias, Lebron foi campeão da NBA nas temporadas de 2011-2012, 2012-2013, 2015-2016 e 2019-2020. 

Também conquistou o título de MVP de finais em 2012 e 2013, sendo nomeado 4 vezes como jogador mais valioso. Não podemos esquecer que em 2003 ele foi eleito o Novato do Ano. 

O “Papai Lebrão”, como é chamado pelos fãs e narradores brasileiros, não é o 3º lugar desta lista à toa. 

Ele é o maior cestinha da história dos play-offs e o único jogador a ser MVP das Finais por 3 times diferentes. 

Lebron James em quadra com uma camisa preta e o número 23 escrito em dourado

2°- Kobe Bryant 

  • Posição: ala-armador
  • Equipes: Los Angeles Lakers (96-16)
  • Títulos: 5x (00, 01, 02, 09 e 10)
  • MVP: 1x (08)
  • All-Star: 18x (98 e 00-16)

Kobe Bryant é ídolo para muitos fãs de basquete, principalmente os torcedores do Los Angeles Lakers. Afinal, o “Black Mamba” atuou pela franquia durante toda sua carreira na NBA. 

Kobe Bean Bryant nasceu em 23 de agosto de 1978, na Pensilvânia. Em janeiro de 2020, aos 41 anos, já aposentado como jogador, ele morreu em um acidente aéreo, na região de Calabasas, na Califórnia.

Com 1,98m, Kobe foi ala-armador dos Lakers entre 1996 e 2016. Era o dono das camisas 8 e 24 e esteve em quadra por 1.346 partidas. Ao todo, marcou 33.643 pontos. 

Com Kobe, os Lakers conquistaram 3 títulos consecutivos da NBA: 2000, 2001 e 2002.

Entre os feitos históricos do Black Mamba, está um jogo contra o Toronto Raptors, em 2006. Na ocasião ele marcou 81 pontos, a 2ª maior pontuação de todos os tempos. 

Para muitos, Kobe Bryant é o maior jogador de todos os tempos. O seu currículo justifica. 

Foram 5 títulos da NBA, 18 convocações para o All-Star Game e um prêmio de MVP da temporada regular, em 2008. 

Kobe Bryant em close enaltecendo a camisa dos Lakers

1°-  Michael Jordan 

  • Posição: ala-armador
  • Equipes: Chicago Bulls (84-93 e 95-98) e Washington Wizards (01-03)
  • Títulos: 6x (91, 92, 93, 96, 97 e 98)
  • MVP: 5x (88, 91, 92, 96 e 98)
  • All-Star: 14x (85-93, 96-98, 02 e 03)

As palavras Michael Jordan e basquete podem ser consideradas sinônimos. Seja em qualidade de jogo, recordes e até marketing, um não se dissocia do outro. 

Hoje com 59 anos e aposentado das quadras desde 2003, Michael Jeffrey Jordan, nascido no Brooklyn, em Nova Iorque, é o dono do topo desta lista do Jogo Hoje. 

Para os especialistas, o ex-ala-armador de 1,98m é o melhor jogador de basquete de todos os tempos. 

Michael Jordan gabaritou a lista de atributos de um excelente jogador de basquete. Altura, força, bom drible, velocidade, bom na defesa, bom passe e explosão. 

Ele estudou na Universidade da Carolina do Norte e, na NBA, seu primeiro time foi o Chicago Bulls. A estreia de Michael Jordan na liga foi em 1984. 

Jordan atuou pelos Bulls até 1993 e fez uma curiosa pausa no basquete. Em outubro daquele ano, Michael anunciou sua aposentadoria do basquete. 

O motivo seria a perda de vontade de jogar, algo que tinha influência pela morte do pai dele, meses antes. James Jordan foi assassinado por assaltantes. 

Mas ao se aposentar, ele surpreendeu. O então ex-jogador de basquete assinou contrato com o Chicago White Soc, um time de baseball, em 1994. 

O vínculo durou apenas uma temporada e logo depois o jogador retornou para o basquete. Entre 1995 e 1998, continuou defendendo o Chicago Bulls. Depois disso, se aposentou pela 2ª vez. 

Física e mentalmente exausto, Michael Jordan decidiu parar mais uma vez. Se manteve ligado à NBA, mas como co-proprietário e presidente de operações de basquete do Washington Wizards. 

Em 2001, fez seu segundo retorno como jogador. Então, Jordan defendeu o Washington Wizards dentro de quadra até 2003. 

Como jogador da NBA, ele conquistou 6 títulos, 5 MVPs e 14 All-Stars.  Além disso, durante sua carreira como jogador, ele decidiu 25 partidas com cestas nos últimos 30 segundo, inclusive 2 finais e 5 jogos de play-offs. 

Michael Jordan em quadra defendendo a camisa dos Bulls

Quem é o melhor jogador de basquete da atualidade?

A NBA está nos play-offs da temporada 2021-2022. Do Milwaukee Bucks, atual campeão, Giannis Antetokounmpo continua se destacando. 

O grego tem na sua cola ainda Stephen Curry, um dos nomes desta lista de jogadores de basquete famosos. 

Mas quando se fala no basquete atual não podemos deixar Kevin Durant, do Brooklyn Nets, de fora. 

Quem é o jogador de basquete mais famoso do mundo?

Kobe Bryant, Michael Jordan ou Shaquille O’Neal? Esses 3 nomes veteranos do basquete são fortes candidatos ao título de mais famosos desse esporte. 

Entretanto, não dá para negar que os craques atuais também estão conquistando espaço cada vez maior. 

É o caso do veterano ainda em atividade Lebron James e do próprio Stephen Curry.

Clique aqui para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Futebol Internacional

Curtis “Toyz”, campeão do Worlds com a Taipei Assassins em 2012, foi preso acusado de tráfico de drogas no Taiwan

Série B

Um dos maiores campeonatos de eSports do mundo, no Warzone é palco de diversos casos de hackers, sendo um deles até o campeão

Futebol Internacional

A desenvolvedora do jogo Riot Games anunciou novas medidas de penalidades para jogadores AFK nas partidas de LoL

Futebol Internacional

Cotada como underdog, a EDG venceu a favorita DWG por 3-2 e faturou seu primeiro título mundial na final mais assistida da história